Publicidade

A situação de Ronald Koeman não é das melhores no Barcelona. O técnico balança no cargo e lida com pressão. Segundo a imprensa espanhola, inclusive há movimentação para o técnico ser demitido.

A “TV3” e o “As” apontam que membros da Junta Diretiva pressionam o presidente Joan Laporta e pedem a demissão de Koeman. O Barcelona vem de derrota, no Camp Nou, para o Bayern de Munique, pela Champions League.

Koeman Barcelona Koeman sofre pressão no Barcelona (Foto: Uefa)

No momento, Laporta não dá o braço a torcer e segura o treinador, embora, destaca o “As”, não leve muita fé em Koeman. O Barcelona, em grave crise financeira, precisaria indenizar o técnico holandês. Além disso, o presidente não tem convicção sobre um nome para assumir o cargo.

Relacionadas

Neymar PSG

Publicidade

Apesar da pressão da Junta Diretiva, o “As” acrescenta que o poder decisório será de quatro figuras: Laporta, Rafa Yuste, Mateu Alemany e Ramon Planes, que integram o futebol. Há uma divisão entre eles. Segundo o jornal espanhol, Laporta e Yuste não acreditam em Koeman, enquanto Alemany e Planes consideram que ele é necessário para o momento do Barcelona.

MAIS! Rummenigge vê Barcelona sem alma após a saída de Messi

Koeman vem no fio da navalha desde a última temporada. A imprensa espanhola apontava que ele não continuaria no cargo, mas Laporta deu voto de confiança. Nos últimos dias, eles se “estranharam” em declarações. A derrota para o Bayern de Munique piorou as coisas para o treinador.

Comentários