Publicidade

A trajetória de Neymar no PSG não se resume apenas a gols (marcou dez em 11 jogos pelo clube). O atacante brasileiro, contratação mais cara da história do futebol (222 milhões de euros), precisa driblar também polêmicas e momentos conturbados. O novo episódio da vez é uma lista de privilégios divulgada pelo jornal “Le Parisien”, o que vem gerando mal-estar no vestiário do clube francês.

Neymar tem privilégio até de usar uma mala diferente | Foto: C.Gavelle / PSG

De acordo com a publicação, Neymar conta com dois fisioterapeutas que trabalham exclusivamente com ele. Nos treinos, os atletas estão proibidos de dar entradas mais duras no brasileiro. O craque também estaria livre de funções defensivas nos jogos.

Os privilégios não param por aí. O brasileiro é o único que pode usar uma mala de viagem própria, até mesmo com patrocínio, enquanto os demais atletas utilizam bolsas com logo do PSG.

Neymar e a polêmica dos pênaltis

Publicidade

Ainda de acordo com “Le Parisien”, um outro privilégio vai vigorar na próxima temporada: Neymar será o cobrador de pênaltis do time. Até lá, irá dividir as cobranças com Cavani.

A disputa pelo posto de cobrador de pênalti foi a primeira polêmica do atacante no PSG. Cavani era o cobrador oficial. O brasileiro também gostaria de bater. O assunto rodou o mundo e envolveu até mesmo o presidente do clube.

Recentemente, um outro episódio chamou atenção. O técnico Unai Emery preservou Neymar de um treinamento. Contrariado – ele gostaria de treinar -, o brasileiro chutou até uma bola para mostrar seu descontentamento.

Publicidade

Leia mais:
Expulsões, polêmicas e confusões: bolas fora de Neymar na carreira
Por que o mundo precisa se render a Lionel Messi
Ronaldinho Gaúcho vira nome de vinho
Era Tite na Seleção Brasileira: 60 jogadores já foram chamados; Veja a lista
Flamengo passa Corinthians em das redes sociais

Na última rodada do Campeonato Francês, Neymar foi expulso no duelo com Olympique de Marseille – foi a oitava vez que ele recebeu um cartão vermelho.