Publicidade

Jorge Jesus continua mesmo no Benfica, pelo menos até a próxima quinta-feira. A prova de fogo para o técnico será no regresso dos encarnados ao Estádio do Dragão, palco da derrota por 3 a 0 para o Porto, na Copa de Portugal. Se o jogo realizado na última quinta-feira (15), foi válido pela Copa, os times agora voltam a se enfrentar em partida da 16.ª rodada do Campeonato Português. Chance de forra para o Mister.

Jorge Jesus no retorno ao Benfica – AFP PHOTO/ JOSE MANUEL RIBEIRO (Photo credit should read JOSE MANUEL RIBEIRO/AFP via Getty Images

Assim, a dúvida sobre a continuidade de Jorge Jesus no comando técnico do Benfica surgiu imediatamente após a eliminação da Taça. Havia, dentro do clube, quem entendesse que o tempo do técnico no Benfica tinha chegado ao fim. Não haveria sequer margem para que ele orientasse o time neste jogo contra o Porto. Mas a última palavra caberia ao presidente do Benfica, Rui Costa.

Leia também

As 20 maiores decepções do futebol mundial em 2021

Publicidade

Bayern de Munique vai abrir os cofres por craque brasileiro

Cobiçado, Cavani aguarda o Barcelona para decidir futuro

Ele optou por deixar arrefecer o ambiente, tentar digerir da melhor forma possível a derrota no Dragão. Só depois tomaria uma decisão. Assim, ele acabaria indo para o lado mais racional e menos emocional, o que poderia resultar em tragédia maior. Desse modo, Jorge Jesus estará no comando do Benfica neste novo encontro com o Porto e ponto final.

Relacionadas

Jorge Jesus Benfica Champions League
Philippe Coutinho Barcelona
Philippe Coutinho Barcelona

Publicidade

O lugar do treinador encarnado está, portanto, seguro para já, mas continua dependente do resultado. A verdade é que o jogo da próxima quinta-feira pode, apesar deste voto de confiança dado por Rui Costa a Jorge Jesus, ser determinante para o futuro imediato. Após a partida, de acordo com a imprensa esportiva portuguesa, será sempre feito um novo balanço.

Comentários