Publicidade

O goleiro Joe Hart, hoje com 34 anos, parece não ter esquecido uma dura conversa que teve com o técnico do Manchester City, Pep Guardiola. Isso porque o papo, em 2016, determinou a sua saída do clube inglês. O arqueiro sonhava em permanecer no time e conquistar títulos.

Joe Hart não ficou no City. Mas queria (Foto: Divulgação)

Após retornar de uma Eurocopa com a seleção da Inglaterra, Joe Hart se sentou com Pep Guardiola na China, onde o Manchester City fazia pré-temporada. E ouviu o treinador dizia que “ele não era o que esperava de um goleiro”.

– Guardiola conhecia muito bem o meu passado, o que eu tinha feito, como jogava. Tivemos uma conversa de duas horas que acabou com ele dizendo que não via futuro para mim no clube. E eu disse para ele que ‘era isso que imaginava, mas não poderia concordar’. E ele respondeu ‘serei a primeira pessoa a assumir o erro, mas o que vejo em ti não é o que quero de um goleiro’ – disse ele.

Relacionadas

Dybala
Cristiano Ronaldo Portugal Luxemburgo
Jude Bellingham

Publicidade

O craque prosseguiu.

– Ao ouvir aquilo eu virei e respondi ‘é tudo muito bonito de se dizer, mas nunca me pediram para fazer as coisas que tu quer que seus goleiros façam, por isso acho que é justo me dar uma oportunidade’. E ele concordou ‘é claro que te vou dar uma oportunidade, mas…’. Quando você escuta um ‘mas’ no fim de uma resposta é porque a decisão está tomada – disse ele ao podcast “In the Stiffs”.

Hart então acabou sendo emprestado a outros clubes ingleses e ao Torino da Itália até terminar seu contrato com o Manchester City. Hoje ele defende as cores do Celtic da Escócia e ainda não cogita o fim de sua carreira.

Comentários