Publicidade

A Seleção Brasileira vai disputar um amistoso na segunda-feira contra o Japão. Mas se depender do histórico os brasileiros podem sorrir. Isso porque os japoneses são fregueses de carteirinha e jamais venceram o Brasil na história do confronto. Em 13 jogos oficiais entre os dois times, o Brasil ganhou 11 e ainda foram registrados dois empates. A Seleção Brasileira marcou 36 gols, média de quase três por confronto, e teve as suas redes balançadas em apenas cinco ocasiões.

Brasil costuma comemorar contra o Japão (Foto: Getty)

O primeiro encontro foi um amistoso no Rio de Janeiro, em 1989, na preparação para a Copa do Mundo de 1990. Em uma tarde de quarta-feira, em São Januário, o triunfo por 1 a 0, com gol marcado pelo meia Tita, teve poucos registros.

Em competições oficiais o primeiro encontro foi um 0 a 0 pela Copa das Confederações de 2001. O resultado contribuiu para uma eliminação precoce da Seleção Brasileira.

Seleções jogaram na Copa

Publicidade

Quando o assunto é Copa do Mundo, Brasil e Japão se enfrentaram apenas uma vez, na fase de grupos do Mundial de 2006, na Alemanha. Os japoneses, comandados por Zico, abriram o placar com Keiji Tamada. Porém, Ronaldo (2), Gilberto e Juninho Pernambucano garantiram a goleada por 4 a 1.

Relacionadas

Depay Barcelona
Lukaku Tuchel Chelsea
Cristiano Ronaldo Manchester United

Outro jogo marcante foi a estreia da Seleção Brasileira na Copa das Confederações do ano passado. Jogando em casa, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), os brasileiros ganharam com facilidade por 3 a 0. Neymar, Paulinho e Jô marcaram os gols do jogo.

Gabriel Jesus e Neymar balançaram as redes no último jogo. Foi um amistoso em novembro de 2017, em Lille, na França. O Brasil ganhou por 3 a 1. O jogador do PSG abriu o caminho para a vitória e Jesus fechou o placar. O lateral-esquerdo Marcelo também fez o dele.

Publicidade

FICHA TÉCNICA
BRASIL 3 x 1 JAPÃO

Local: Estádio Pierre-Mauroy, em Lille, (França)
Data: 10 de novembro de 2017, sexta-feira
Horário: 10h00 (de Brasília)
Árbitro: Benoit Bastien (FRA)
Assistentes: Hicham Zakrani (FRA) e Frédéric Haquette (FRA)
Árbitros de vídeo: Nicolas Rainville (FRA) e Amaury Delerue (FRA)
Público: 16.922 pessoas
Cartões amarelos: Neymar (BRA); Yoshida, Haraguchi, Ideguchi e Sakai (JAP)
Gols:
BRASIL: Neymar, aos 9 minutos do 1º Tempo, Marcelo, aos 17 minutos do 1º Tempo, Gabriel Jesus, aos 35 minutos do 1º Tempo
JAPÃO: Makino, aos 18 minutos do 2º Tempo

BRASIL: Alisson (Cássio); Danilo, Thiago Silva, Jemerson e Marcelo (Alex Sandro); Casemiro, Fernandinho, Giuliano (Renato Augusto), Willian (Taison) e Neymar (Douglas Costa); Gabriel Jesus (Diego Souza)
Técnico: Tite

Publicidade

JAPÃO: Kawashima, Hiroki Sakai, Yoshida, Makino e Nagatomo; Hasebe (Morioka), Yamaguchi e Ideguchi (Endo); Osako (Sugimoto), Haraguchi (Inui) e Kubo (Asano)
Técnico: Vahid Halilhodzic

Neymar marcou quatro gols em um amistoso

Talento! Neymar costuma se dar bem contra o Japão (Foto: Getty)

Neymar costuma dar sorte contra o Japão. Em outubro de 2014 o Brasil ainda lutava para esquecer a humilhante goleada de 7 a 1 para a Alemanha nas semifinais da Copa do Mundo. Dirigido por Dunga, o time canarinho goleou por 4 a 0 em amistoso disputado na Cingapura. O atual craque do PSG marcou todos os quatro gols.

Abaixo a ficha técnica deste duelo e a relação de confrontos entre as duas seleções:

Publicidade

FICHA TÉCNICA
BRASIL 4 X 0 JAPÃO

Local: Estádio Nacional de Cingapura, (Cingapura)
Data: 14 de outubro de 2014 (Terça-feira)
Árbitro: Ahmad A’Qashah (Cingapura)
Público: 51.577 pagantes
Cartões amarelos: não houve
Gols:
BRASIL: Neymar aos 17 minutos do 1º Tempo e aos 2, aos 31 e aos 35 minutos do 2º Tempo

BRASIL: Jéfferson, Danilo (Mário Fernandes), Miranda, Gil e Filipe Luís; Luiz Gustavo (Souza), Elias (Kaká), Oscar (Philippe Coutinho) e Willian (Everton Ribeiro); Neymar e Diego Tardelli (Robinho)
Técnico: Dunga
JAPÃO: Kawashima, Sakai, Shiotani e Kosuke Ota; Morishige, Morioka (Honda), Shibasaki (Suzuki), Tanaka (Hosogai) e Taguchi; Okazaki e Kobayashi (Muto)
Técnico: Javier Aguirre

RELAÇÃO DE CONFRONTOS

Neymar comemora um dos seus quatro gols diante do Japão em 2017 (Foto: Getty)

Publicidade

23/7/1989 – Rio de Janeiro (Brasil) – Brasil 1 x 0 Japão – Amistoso
6/6/1995 – Liverpool (Inglaterra) – Brasil 3 x 0 Japão – Amistoso
9/8/1995 – Tóquio (Japão) – Japão 1 x 5 Brasil – Amistoso
13/8/1997 – Osaka (Japão) – Japão 0 x 3 Brasil – Amistoso
31/3/1999 – Tóquio (Japão) – Japão 0 x 2 Brasil – Amistoso
4/6/2001 – Kashima (Japão) – Brasil 0 x 0 Japão – Copa das Confederações
22/6/2005 – Colónia (Alemanha) – Japão 2 x 2 Brasil – Copa das Confederações
22/6/2006 – Dortmund (Alemanha) – Japão 1 x 4 Brasil – Copa do Mundo de 2006
16/10/2012 – Wroclaw (Polônia) – Japão 0 x 4 Brasil – Amistoso
15/6/2013 – Brasília (Brasil) – Brasil 3 x 0 Japão – Copa das Confederações
14/10/2014 – Cingapura (Cingapura) – Brasil 4 x 0 Japão – Amistoso
30/7/2016 – Goiânia (Brasil) – Brasil 2 x 0 Japão – Amistoso
10/11/2017 – Lille (França) – Brasil 3 x 1 Japão – Amistoso

Comentários