Publicidade

Olho na Itália nesta Eurocopa. A seleção italiana fez mais uma vítima e é o primeiro país garantido no mata-mata do torneio. O triunfo sobre a Suíça por 3 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio Olímpico de Roma, reforça uma Itália “diferente”. Retranca? Nada disso. É uma seleção mais “arejada”, ofensiva, que procura ter a posse de bola.

A Itália do técnico Roberto Mancini pressiona o adversário, busca o ataque e não rifa a bola. O começo nesta Eurocopa é promissor. São duas vitórias (bateu a Turquia na estreia), seis gols marcados e zero sofrido.

Locatelli Eurocopa Locatelli brilhou com dois gols | Foto: Uefa

Com 100% de aproveitamento, a Itália lidera o Grupo A da Eurocopa, com seis pontos, e já se garantiu no mata-mata. A Suíça continua com um ponto e com chances de classificação. Na última rodada da fase de grupos, os italianos enfrentam País de Gales, segundo colocado com quatro pontos, neste domingo, às 13h (horário de Brasília), no Estádio Olímpico de Roma. Os suíços vão encarar a Turquia, zerada na chave, no mesmo dia e horário, no Estádio Olímpico de Baku, no Azerbaijão.

Relacionadas

Cristiano Ronaldo
Pogba
Ramsey País de Gales Eurocopa

Publicidade

O nome da vitória italiana sobre a Suíça foi Manuel Locatelli, autor de dois gols. Não é à toa que o meia do Sassuolo é cobiçado no mercado da bola. Clubes como Juventus, Milan, Manchester City e Real Madrid são apontados como interessados em Locatelli.

MAIS! Uma salada de Mbappé e Neymar ou Pogba para tirar Cristiano Ronaldo da Juventus

No primeiro tempo, ele surgiu como centroavante para abrir o placar. Na etapa final, com um chute de fora da área, Locatelli fez o segundo e encaminhou a vitória. No fim, Immobile, também em chute de fora, definiu o resultado: 3 a 0.

Comentários