Publicidade

Ibrahimovic

O técnico do Manchester United, José Mourinho, já admite perder um dos principais jogadores do seu time, o sueco Zlata Ibrahimovic. Diante das notícias publicadas nos Estados Unidos que colocam o atacante perto do Los Angeles Galaxy, o português afirmou que Ibrahimovic está livre para encerrar sua carreira na Major League Soccer, caso esse seja seu desejo. A janela de transferência da liga norte-americana vai de 07 de fevereiro a 01 de maio.

Mourinho afirmou que desconhece qualquer proposta por Ibrahimovic e que o atacante não conversou com ele sobre o assunto. Mas acredita que seria errado impedi-lo.

Publicidade

“Zlatan está em seu último ano de contrato. Se – e ele não disse nada sobre isso -, mas se for verdade e Zlatan quiser um futuro em outro clube e em outro país, estaremos aqui para criar condições para ajudá-lo, não para dificultar sua vida. Mas a última coisa que ele me disse é que queria se recuperar totalmente e ajudar a equipe”, explicou Mourinho.

Ibrahimovic tenta recuperar a velha forma

Ibrahimovic fez 28 gols na temporada passada, incluindo dois na vitória sobre o Southampton, que deu ao United o título da Copa da Liga Inglesa. Mas o sueco sofreu uma lesão no ligamento do joelho em abril, durante o jogo de volta contra o Anderlecht, pelas quartas de final da Liga Europa.

Em agosto passado, o atacante ainda teve seu contrato estendido em um ano após afirmar que poderia se recuperar e voltar a ajudar o time. Aos 36 anos, ele ainda disputou sete partidas entre novembro e dezembro, mas esteve longe de sua melhor forma física e técnica. No momento, Ibra trabalha na academia para fortalecer o joelho e ficar pronto para a disputada Premier League.

Publicidade

“Ele está trabalhando duro para entrar em forma. Não vou dizer que ele está machucado porque ele não está. Mas está tentando ficar pronto para as demandas da Premier League”, finalizou Mourinho.

Leia também

Copa do Brasil: fato curioso marca duelo entre Fluminense e Caldense
Barcelona iguala recorde de invencibilidade da época de Guardiola
Trio BBC chega a 400 gols, mas convive com crise no Real Madrid
Dono da bola e compacto: este é o Palmeiras de Roger Machado
Gol à la Ronaldinho e voadora assassina: o que foi Cardiff x Manchester City?
Neymar supera Ronaldinho Gaúcho com a camisa do PSG