Publicidade

Harry Kane está decidido a sair do Tottenham e partiu para o ataque contra o clube. O artilheiro não se apresentou nesta segunda-feira, o que aumenta a pressão para ser negociado.

O centroavante era aguardado para realizar exames de pré-temporada, além do teste de Covid-19. Entretanto, Harry Kane não deu as caras no CT do clube. O ato é encarado como o começo de uma “guerra”.

Harry Kane Tottenham Futuro de Harry Kane está no ar: interessados não faltam | Foto: Imago Images

Harry Kane já tornou público o desejo de mudar de ares. O artilheiro ainda busca o primeiro título na carreira e quer trocar de time para ter mais chances de campeão. O Manchester City é o principal interessado. Contudo, a situação não é simples.

Relacionadas

Nasser Al-Khelaifi e Neymar PSG
James Rodríguez Everton
Pjanic Barcelona

Publicidade

O Tottenham é conhecido justamente por fazer jogo duro no mercado da bola e não quer liberar facilmente Harry Kane. O clube quer algo perto da casa dos 200 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão) para vender o artilheiro. O valor é proibitivo até para o City.

PSG sobra: o valor de mercado dos clubes do Campeonato Francês

A decisão de Harry Kane de não se apresentar pressiona o Tottenham e dá um sinal claro de que ele deseja sair e que pode “atacar” para conseguir o objetivo.

Comentários