Publicidade

Invencibilidade e liderança isolada no Campeonato Inglês, classificação para as oitavas de final da Liga dos Campeões e um retrospecto de 25 vitórias em 29 jogos disputados até aqui. Guardiola e o Manchester City têm brilhado. O técnico multicampeão estabeleceu seu melhor começo de temporada e uma nova marca de triunfos até o fim do ano.

Guardiola estabelece nova marca de vitórias à frente do City | Foto: Divulgação Manchester City

Nas quatro temporadas em que comandou o Barcelona, Guardiola obteve, no máximo, 22 vitórias até o fim do ano. Na temporada 2008/2009, venceu 20 das 24 partidas. Em 2009/2010, foram 22 triunfos em 28 jogos. Na sequência, 21 vitórias em 27 duelos. Na última temporada pelo Barça, ganhou 22 vezes em 29 jogos.

LEIA MAIS

Publicidade

Clubes sem reforços no mercado da bola? Janela reflete crise financeira
Veja craques da bola que amam fazer tatuagem
Fluminense define barca com Cavalieri e mais sete: a dura realidade tricolor
Cristiano Ronaldo preso? Lembre atletas que enfrentaram o fisco
Veja jogadores do Corinthians que não foram campeões brasileiros
Van Dijk vira o defensor mais caro do futebol; Top 10 tem dois brasileiros

Pelo Bayern de Munique, o qual comandou três temporadas, Guardiola conseguiu 23 vitórias em 27 partidas (perdeu e empatou duas vezes) até a virada de 2015 para 2016. Nas duas campanhas anteriores, foram 21 triunfos em 25 jogos (temporada 2013/2014) e em 26 partidas (2014/2015).

Números de Guardiola impressionam

O percentual do número de vitórias de Guardiola até aqui é de 86,2% (25 em 29 jogos – o City empatou três vezes e perdeu uma partida), superando os 85,1% que teve à frente do Bayern. O Manchester joga mais uma vez em 2017, no dia 31, contra o Cristal Palace. Ou seja, Guardiola pode aumentar o recorde e o aproveitamento.

Publicidade

Esta é a nona temporada de Guardiola como técnico. O aproveitamento dele do início da temporada até o dia 31 de dezembro impressiona. Ao todo, ele soma 244 partidas neste período específico, com 192 vitórias (78,7% de aproveitamento), 34 empates (14%) e 18 derrotas (7,3%).