Publicidade

Lille fechou parceria com Waze (Divulgação) Lille fechou parceria com Waze (Divulgação)

Os aplicativos de transporte e de mobilidade urbana descobriram um importante mercado para darem visibilidade a suas respectivas marcas. Trata-se do futebol. Nos últimos meses vários clubes e até mesmo algumas competições anunciaram acerto de patrocínio com eles. Nesta quarta-feira o Lille da França divulgou que chegou a um acordo com o aplicativo de trânsito e navegação por satélite Waze.

O Lille adotou o modelo de parceria para facilitar a locomoção de seus torcedores em dias de jogos. O aplicativo conta com 10 milhões de usuários na França.

Publicidade

– Associar o Lille a marcas que investem pesado em tecnologia para melhorar a vida das pessoas é algo que a política do Lille leva em consideração – disse Yann Chevallier, diretor comercial do Lille.

Leia também:

Barcelona se classificou em 11 das 13 vezes em que empatou em 1 a 1 na Champions
Messi acaba com ‘maldição’ contra o Chelsea
Douglas Costa e outras entregadas do futebol brasileiro
Real Madrid vai negociar Bale e Benzema e sonha com Neymar, diz jornal
Cristiano Ronaldo iguala recorde de Raúl no Real Madrid
Arsenal prorroga contrato com a Emirates
Cristiano Ronaldo tem mais gols na Liga dos Campeões do que 463 times
Casagrande x Neymar: mais uma polêmica do comentarista. Relembre outras

Publicidade

Na terça-feira a Roma anunciou acordo com o Moovit, um aplicativo de trânsito desenvolvido pela startup israelense Tranzmate. Já o Valencia renovou o compromisso com a Cabify e disse estar plenamente satisfeito com o acordo com o aplicativo, que tem entrado com força no Brasil.

Brasil também tem presença de aplicativos

O futebol brasileiro também tem visto a entrada dos aplicativos. O Uber já investe em vários clubes brasileiros. Internacional e Grêmio são dois dos times que fazem parte da carta de parceiros da empresa. Recentemente, inclusive, foi feita uma ação de Marketing no Rio Grande do Sul. Torcedores que usaram o serviço para se locomover até o estádio foram surpreendidos. Como pelo cadastro eles já tinham o time que torciam identificados, os torcedores eram recebidos por motoristas devidamente uniformizados.

Inter, Grêmio e Uber não pararam por aí no quesito emocionar os torcedores. Quem entrava no veículo participava de um quizz. Em um tablet colocado nos carros, tiveram que responder a perguntas sobre a história dos times. Os fãs que tiveram sucesso nas respostas ganharam ingressos para acompanhar ao jogo a que estavam indo ver nos camarotes. Arena do Grêmio e Estádio Beira-Rio foram os palcos escolhidos para a promoção. Motoristas também foram beneficiados com ingressos.

Publicidade

De olho no mercado nordestino o Uber firmou contrato com o Bahia. O aplicativo também investiu no Flamengo. No Rio de Janeiro, o Botafogo também teve como parceiro a Cabify. Já a 99, por exemplo, patrocina o Campeonato Goiano.