Publicidade

A FIFA não responder ao pedido de Neymar, que está cobrando ao Barcelona valores de prêmios pendentes. “A mesma questão está em diferentes instâncias jurídicas (…). A FIFA não vai prosseguir as investigações neste caso. O assunto foi encerrado formalmente”, indicou um porta-voz da FIFA.

Neymar nos tempos de parceria com Messi, no Barcelona (Divulgação) Neymar nos tempos de parceria com Messi, no Barcelona (Divulgação)

Em agosto de 2017, Neymar apresentou pedido ao gabinete de resolução de disputas da FIFA. Ele queria receber bônus “antecipados”, segundo ele prometidos quando prolongou contrato com o Barcelona. Isso teria ocorrido em 2016, sendo que os valores não teriam sido pagos.

O clube espanhol havia congelado o pagamento de 26 milhões de euros, cerca de R$ 101 milhões. Isso aconteceu porque o Barcelona aguardava a resposta relativa à saída do jogador para o Paris Saint-Germain.

Dinheiro, dinheiro, dinheiro…

Transferência para o Paris Saint-Germain foi a mais cara do futebol mundial | Foto: C. Gavelle / PSG / Divulgação Transferência para o Paris Saint-Germain foi a mais cara do futebol mundial | Foto: C. Gavelle / PSG / Divulgação

Publicidade

Neymar transferiu-se para o clube parisiense em 2017. Na ocasião os franceses pagaram a multa rescisória de 222 milhões de euros – em torno de R$ 865 milhões. O brasileiro protagonizou a transferência mais cara da história do futebol mundial.

Após a saída do jogador, o Barcelona revelou ter apresentado uma queixa a um tribunal espanhol. Exigiu de Neymar indemnização de 8,5 milhões de euros – cerca de R$ 31,2 milhões. A justificativa era de que o jogador não teria cumprido o contrato assinado com o clube até 2021.

Leia também:

Publicidade

Campeão mundial de 1998 brilha no automobilismo
Guardiola renova e reina soberano como maior salário de treinador
Flamengo e Fluminense vão viajar no mesmo voo para disputar clássico em Cuiabá
Campeão mundial de 1998 brilho no automobilismo
Bahia dá ingresso a torcedor após episódio de violência em clássico
Vinicius Júnior iguala número de gols de 2017 e pede passagem no Flamengo
Jonas supera nomes badalados e está atrás apenas de Neymar e Messi