Publicidade

Os nomes dos três finalistas do Prêmio Fifa The Best 2020 não passaram batido. Principalmente em um ano em que a Bola de Ouro não será premiada: Lewandowski, Cristiano Ronaldo e Messi serão os três jogadores que disputarão o prêmio. Assim, as duas estrelas do PSG ficaram de fora: Neymar e Kylian Mbappé. O prêmio vai  ser entregue no dia 17 de dezembro, quando se conhecerá o grande vencedor.

Fifa, cadê Neymar e Mbappé nessa premiação? | Foto: C. Gavelle / PSG / Divulgação

No entanto, pouco depois da divulgação, Neymar postou dois tweets muito enigmáticos sobre sua ausência: “Como o tênis não deu certo, mudei para o basquete.” Mas ele ainda acrescentou coisas em outro post: “Já saí do basquete, agora sou um jogador”.

Essas mensagens se somam às trocadas por Neymar e o zagueiro Thiago Silva, quando foi anunciada a seleção do IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol). Ambos os jogadores não foram incluídos, mas levaram na brincadeira o assunto.

Publicidade

Thiago Silva escreveu: “Neymar estava na bolha da NBA. Ele, LeBron James, Anthony Davis e companhia.” Ao que o atacante respondeu, rindo: “Eles me recrutaram.” Em seguida, Neymar também reclamou da ausência de Thiago Silva. “Pelo menos você jogou a final em Roland Garros …” Ironias a parte, o Prêmio Fifa The Best deste ano ainda vai dar o que falar.

Os méritos de Neymar e Mbappé

Cristiano Ronaldo e Messi mais uma vez na lista… (Foto: Fifa)

É surpreendente que o time finalista da Champions League no ano passado não tenha nenhum representante entre as nove opções possíveis. Nem entre os três melhores futebolistas do ano, nem entre os três melhores goleiros e nem entre os três melhores treinadores.

Entretanto, o seu rival na final de Lisboa, o Bayern de Munique, colocou Lewandowski, Neuer e Hansi Flick na lista final. Uma ausência de representantes do PSG, no entanto, não é novidade. Jamais, desde a implementação do The Best Award, em 2016, um jogador do PSG conseguiu concorrer ao prémio final. Nem mesmo o título antecipado do Campeonato Francês deu mérito ao time de Neymar e Thiago Silva – na época.

Publicidade

Neymar, terceiro colocado na edição de 2017, terminou a temporada 2019-2020 com 19 gols em 27 jogos com a camisa do PSG. Na Champions League, apesar de suspenso no início da competição, fez três gols e distribuiu quatro assistências. Neste início de temporada é como se fossem 9 gols em 11 jogos, sendo seis deles na Liga dos Campeões.

Mbappé também não está entre os finalistas. O francês, no entanto, foi o artilheiro do campeonato no país, ao lado de Ben Yedder com 18 gols. Nesta campanha 2020-21, já é o maior goleador da competição com 10 gols. Contra o Bayern de Munique, ele jogou sua primeira final da Champions League e ao longo do torneio marcou 5 gols e deu 6 assistências. Como é que passou batido?

Leia também

Melhor do Mundo: Fifa anuncia os finalistas com Arrascaeta na briga pelo Puskás

Publicidade

Clima de adeus: Diego Alves está praticamente fora do Flamengo