Publicidade

A Telstar 18, bola da Copa do Mundo da Rússia, apresentada nesta quinta (Foto: Divulgação) La Roja pode ficar fora da maior competição de futebol do planeta (Foto: Divulgação)

A presença da Espanha na Copa do Mundo da Rússia, no ano que vem, está ameaçada. Segundo noticiou nesta sexta-feira o diário espanhol El País, o problema seria o esquema de desvio de fundos que envolve o presidente da Federação Espanhola, Ángel Maria Villar.

A FIFA teria inclusive enviado uma carta à Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) com uma advertência sobre a questão. Outra questão seria a ingerência governamental diante das eleições para a entidade. Tudo isso poderia levar à suspensão da “La Roja”.

Publicidade

Leia também
Davi Luiz galês estreia e chama atenção no Chelsea
Com o Grêmio, Brasil chega à final pela 17ª vez e pode ampliar vantagem
Veja o retrospecto de Neymar contra o Real Madrid
Neymar vira garoto-propaganda de marca de café
Corinthians e Nike ampliam parceria

Segundo o El País, a proposta do Conselho Superior dos Desportos de Espanha para a realização de novas eleições para a presidência da RFEF motivou a resposta da FIFA. A entidade maior do futebol considera que a intervenção governamental atenta contra a autonomia da Federação. É algo não tolerável pela FIFA.

Não é a primeira vez

Vale lembrar que, em 2008, a FIFA já havia ameaçado deixar a Espanha fora do circuito europeu. A questão também envolveu ingerência governamental na Federação Espanhola.

Publicidade