Publicidade

O volante Matheus Fernandes, revelado pelo Botafogo e que foi negociado pelo Palmeiras ao Barcelona, virou escândalo no clube espanhol. O diário “AS” dedicou esta segunda-feira a produzir um conteúdo sobre o jogador, questionado a sua capacidade técnica como reforço do clube do Nou Camp.

O Barcelona investiu 7 milhões de euros (na época o valor era um pouco superior a R$ 30 milhões) para contratar o jogadore. Além disso estipulou no contrato metas sobre desempenho ou minutagem. Mas isso nem foi pago, uma vez que ele atuou apenas 17 minutos com a camisa do Barcelona. Foi em um confrontyo com o Dínamo de Kiev da Ucrânia pela Champions League.

Matheus Fernandes em ação pelo Valladolid (Foto: La Liga)

O jornal lembrou que o Barcelona sequer apresentou oficialmente o jogador. Além disso questiona se esta decisão de não apresentá-lo se deve ao fato de ser uma vergonha um jogador como ele ter sido contratado.

Publicidade

MAIS! Mbappé deu o recado sobre o seu futuro

O Barcelona emprestou Matheus Fernandes, de 23 anos, ao Valladolid pouco depois que ele chegou ao clube. No começo desta temporada o Barcelona, por conta da crise financeira, resolveu dar chance ao volante. Antes do fim do contrato o técnico Ronald Koeman o colocou na lista de negociáveis. Assim ele não ganhou mais chances.

Relacionadas

Lewandowski
Agüero Manchester City

Segundo o jornal o clube pode responsabilizar pela contratação do jogador o ex-secretário técnico do Barça, Eric Abidal, e o agente André Cury, responsável pela secretaria técnica do clube na América. Mas o Barcelona não deu nenhuma posição sobre o caso.

Comentários