Publicidade

O susto foi grande, mas ficou no passado. O foco agora é jogar a Copa do Mundo. Este é o objetivo de Christian Eriksen, meia dinamarquês. Ele concedeu a primeira entrevista após a parada cardíaca que sofreu na Eurocopa.

Recentemente, Eriksen rescindiu com a Inter de Milão. É que as leis italianas não permitem que atletas que tenham desfibrilador atuem no país.

Eriksen Inter de Milão Eriksen mira disputar a Copa do Mundo | Foto: Inter de Milão / Divulgação

– O meu objetivo é ir ao Mundial, eu quero continuar a jogar. É um dos meus objetivos, se vai acontecer… isso é outra conversa, que não depende só de mim. Mas nunca pensei em deixar o futebol. Fisicamente estou em boa forma e ainda tenho algum tempo para voltar a jogar e encontrar o nível necessário para ser chamado. Quero voltar a jogar no Parken (estádio em que sofreu a parada cardíaca) e provar que aquilo não passou de um acontecimento fortuito. O meu coração não é um obstáculo – declarou Eriksen, à “DR TV”.

Relacionadas

Haaland
Lukaku Tuchel Chelsea
Philippe Coutinho

Publicidade

O mundo do futebol se comoveu com o drama de Eriksen. O meia caiu desacordado no gramado e precisou ser reanimado. As cenas assustaram. Ao agradecer o carinho e apoio que recebeu, ele relatou que “morreu por cinco minutos”.

Ex-jogador do PSG critica Neymar: ‘Não tem estilo de vida adequado’

– No hospital, eles falavam a todo momento que eu tinha recebido mais e mais flores. Foi estranho, porque eu não esperava que recebesse tantas flores, porque eu morri por cinco minutos. Foi extraordinário, muito legal que todo mundo… e uma grande ajuda para mim receber todas essas boas vibrações. E as pessoas ainda escrevem pra mim – acrescentou.

Comentários