Publicidade

Brasil e Holanda protagonizaram um jogão no futebol feminino na Olimpíada de Tóquio. Não faltaram emoção e gols. No fim, empate por 3 a 3, neste sábado, em um duelo que a Seleção buscou a virada, mas sofreu a igualdade na reta final.

A Seleção Brasileira pode até sair de campo frustrada pelo empate, mas também confiante para a sequência da Olimpíada. A Holanda é considerada como candidata ao pódio – é atual campeã europeia e vice mundial. O Brasil foi superior no primeiro tempo, mas não pode bobear.

Marta Brasil Olimpíada Solta o grito! Marta balançou a rede | Foto: Sam Robles / CBF / Divulgação

Agora, Holanda e Brasil têm quatro pontos no Grupo F da Olimpíada. As holandesas aparecem em primeiro lugar – têm melhor saldo de gols, após goleada por 10 a 3 sobre a Zâmbia. A Seleção volta a campo na terça-feira para encarar a Zâmbia, às 8h30 (de Brasília), no fechamento da fase de grupos.

Relacionadas

Meme olímpico
Richarlison Brasil Olimpíada

Publicidade

A Holanda balançou a rede do Brasil logo aos dois minutos, com Miedema. A Seleção logo se recuperou e empatou com Debinha, aos 15. Apesar da superioridade, o time brasileiro não conseguiu a virada na etapa inicial.

MAIS! Como as Olimpíadas de Tóquio fizeram dupla do Athletico crescer no Fluminense

Miedema complicou novamente a vida brasileira. Aos 13 minutos do segundo tempo, ela ganhou pelo alto e cabeceou. Bárbara falhou no lance: 2 a 1. A Seleção foi buscar. Aos 18, Marta empatou de pênalti.

Publicidade

A virada brasileira aconteceu quatro minutos depois. Ludmila aproveitou vacilo das holandesas e fez 3 a 2. A Holanda buscou o empate. Em cobrança de falta, aos 33, Dominique Janssen deixou tudo igual: 3 a 3.

Comentários