Publicidade

Choque de opostos. Líder x lanterna. Essa é a realidade que a Seleção Brasileira vai encontrar no embate com a Venezuela nesta quinta-feira em Caracas. As duas equipes se enfrentam pela décima rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que acontece no Catar. O Brasil lidera com 24 pontos e está bem perto da classificação. Com cem por cento de aproveitamento, os canarinhos terão uma Venezuela que segura a lanterna com quatro pontos.

Tite vai aproveitar o bom momento para fazer testes na Seleção Brasileira. Guilherme Arana, por exemplo, ganha uma oportunidade na lateral esquerda. Já Fabinho aproveita o corte de Casemiro para mostrar serviço. O jogador do Real Madrid sofre com infecção dentária.

Gabigol comanda o ataque da Seleção Brasileira. Mas não terá Neymar ao lado (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A grande ausência no time será Neymar, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. Assim o ataque terá Gabigol e Gabriel Jesus. Outra novidade é no gol, onde Alisson volta a ser titular depois de ter ficado de fora das rodadas passadas por conta das polêmicas com os clubes ingleses.

MAIS! Relembre craques que tiveram a camisa aposentada

Publicidade

Tite sabe que é importante os atletas terem chances a um ano da Copa do Mundo. Assim acredita que pode ver um bom jogo.

– Oportunidades são importantes. Momento do atleta é importante. A campanha nos permite abrir mais o leque de oportunidades. Coisa que na campanha de 2018 não foi possível. Agora a própria campanha nos permite oportunizar atletas – disse Tite.

Venezuela sofre uma grave crise. Mas sonha…

Venezuela pena nas Eliminatórias. Mas quer progressos (Foto: FVF)

Do outro lado, a Venezuela convive com muitos problemas e faz campanha sofrível. Com apenas quatro pontos, os donos da casa dificilmente vão para sua primeira Copa do Mundo. Além disso a Vinotinto vive uma séria crise financeira. O técnico José Peseiro abandonou o posto por conta de 14 meses de salários atrasados. Leonardo González assumiu interinamente, mas divide a atividade com o comando do Deportivo Lara.

Publicidade

– Vamos trabalhar no sentido de fazer um bom jogo. O Brasil é um gigante e nós vamos ter que esperar o momento financeiro melhorar para a seleção evoluir. Mas somos profissionais – disse Leonardo González, dando o tom da crise.

Relacionadas

Casemiro Brasil x Venezuela

A seleção da Venezuela vai jogar muito desfalcada. Assim o treinador aproveitou para dar chance a alguns garotos da base. Além disso a ideia é já começar a projetar o ciclo para a Copa do Mundo de 2026.

FICHA TÉCNICA:
VENEZUELA X BRASIL

Publicidade

Local: estádio Olímpico de la UCV, em Caracas (Venezuela)
Data: 7 de outubro de 2021, quinta-feira
Hora: 20h30 (de Brasília)
Árbitro: Kevin Ortega (Per)
Assistentes: Michael Orue (PER) e Jesus Sanchez (PER)
VAR: Eber Aquino (PAR)

VENEZUELA: Fariñez, Rosales, Ferraresi, Chancellor e òscar González; Moreno, José Martínez, Bello e Soteldo; Hurtado e Ramírez
Técnico: Leonardo González
BRASIL: Alisson, Danilo, Marquinhos, Thiago Silva e Guilherme Arana; Fabinho, Éverton Ribeiro, Gerson e Lucas Paquetá; Gabigol e Gabriel Jesus.
Técnico: Tite

Comentários