Publicidade

Alguns torcedores brasileiros se animaram com a eliminação do Manchester City na Champions League. Isso porque a CBF dá sinais de que pode contratar um técnico estrangeiro para a Seleção Brasileira após a Copa do Mundo de 2022. Com um desgaste de Pep Guardiola no clube inglês, o caminho poderia estar aberto. Mas não é bem assim. A eliminação do City não altera as chances de Guardiola assumir a Seleção Brasileira.

Guardiola City Monaco Guardiola sinaliza permanência no City | Foto: Michael Steele/Getty Images

Guardiola ficou sim muito abalado com a queda para o Real Madrid. Principalmente da forma como ela veio. O time ingleses se classificava até os 45 minutos do segundo tempo, quando levou a virada. Apesar disso ele deixa claro que não pretende deixar o clube britânico.

– Estávamos perto da vaga, eles sabem, nós sabemos, mas o importante é que podemos tentar novamente na próxima temporada, e depois novamente – disse Guardiola, deixando claro que a saída do City não faz parte de seu horizonte.

Relacionadas

Frenkie de Jong
Agüero City 2019
Ancelotti Champions League

Publicidade

Nas vezes em que a Seleção Brasileira aparece em seu caminho, Guardiola foge.

– O Brasil conta com treinadores muito competentes – disse o comandante.

Na CBF a eliminação do City não gerou nenhuma mudança na forma de se pensar a Seleção Brasileira. Tite só vai deixar o posto em dezembro, após a disputa da Copa do Mundo do Catar. Qualquer definição só vai sair após o torneio.

Comentários