Publicidade

O futuro de Haaland domina o noticiário do Borussia Dortmund. Agora, o clube alemão até mesmo subiu o tom. O tema causou irritação em Hans-Joachim Watzke, CEO do Dortmund.

O dirigente rechaçou que o Borussia Dortmund precisa vender Haaland na próxima temporada. Inclusive, deixou no ar a possibilidade de segurar o craque por mais tempo na Alemanha.

Haaland Borussia Dortmund Haaland é o principal assunto do Dortmund | Foto: Imago Images

– Ainda não decidimos se vamos vender Haaland. Já vi muita gente dizendo que temos de vender porque estamos na bolsa de valores, mas isso é uma conversa de m… A decisão de algum jogador ser vendido é feita única e exclusivamente pela diretoria – declarou Watzke, à emissora “Sport1”.

Relacionadas

Mbappé e Neymar
Cavani Manchester United
Cristiano Ronaldo Manchester United

Publicidade

O Borussia Dortmund tem ações na bolsa de valores. Esta situação gera comentários de que os acionistas poderiam pressionar e até mesmo decidir por vender algum astro do clube.

MAIS! Vantagem: Real Madrid acredita que vai ter prioridade por Haaland

O Dortmund, entretanto, já admitiu publicamente que será difícil manter Haaland na próxima temporada. A imprensa europeia aponta que há um acordo entre clube e jogador para que a venda seja facilitada em 2022. A bronca do dirigente foi sobre a “obrigação” em função do desejo/pressão de acionistas.

Publicidade

LEIA MAIS! No Barcelona, se não tem Haaland, vamos de Luiz Díaz

Haaland deve movimentar o mercado da bola. O centroavante está na mira do Real Madrid, PSG, Manchester United e Manchester City.

Comentários