Publicidade

No fundo, a vitória do Real Madrid sobre o Barcelona, por 2 a 1, surpreendeu a pouca gente. Ainda que no Camp Nou, pois é preciso considerar o histórico recente dos dois maiores clubes da Espanha. O Barcelona, afundado em crise, nesta temporada não está à altura do que representa. Melhor para o Real Madrid, mas mais ainda para Vinícius Júnior e Rodrygo, que novamente mostraram serviço para o técnico Carlo Ancelotti. Pior para Hazard…

Vinícius Júnior infernizou a defesa do Barcelona, mas dessa vez não marcou - Foto: David Ramos/Getty Images Vinícius Júnior infernizou a defesa do Barcelona, mas dessa vez não marcou – Foto: David Ramos/Getty Images

Leia também

Real Madrid torce por Solskjaer para fechar com Paul Pogba

Bayern de Munique pode quebrar a banca por centroavante do Napoli

Publicidade

PSG tentou bote para cima de ‘herdeiro’ de Messi do Barcelona

ale destacar, por exemplo, o gol que abriu o placar. Foi aos 31 minutos, depois que Vinícius Júnior fez a festa pela lateral e tocou para Rodrygo, que completou para Alaba. Daí veio a bomba e o resto foi história.

Mas, é preciso ressaltar que o Barcelona melhorou. Ainda que derrotado, o time comandado pelo holandês Ronald Koeman não foi apático, sobretudo no início do primeiro tempo. Embora o holandês esteja na mira de críticos e torcedores, não é dele totalmente a culpa pelo que vem acontecendo ao Barcelona. Significa que ganhou algum oxigênio no cargo, o que não aconteceria se fosse uma goleada, por exemplo. Algo como o que aconteceu ao Manchester United de Solskjaer, também neste domingo, lá no Old Trafford.

Benzema

Publicidade

O atacante francês Benzema foi para o jogo, conforme estava previsto. Mas, vale lembrar que ele não está 100% fisicamente, atuando no sacrifício. Não que morra de amores pelo Real Madrid, mas sim porque seria uma oportunidade de carimbar o passaporte rumo à Bola de Ouro. Entretanto, não esteve bem. Ficou marcado por duas oportunidades desperdiçadas.

Foram chances claras de gols, a primeira aos 26 minutos do segundo tempo, depois de receber de Modric, livre de marcação. Benzema finalizou em cima de Ter Stegen. Melhor para o goleiro do Barcelona. Depois veio outra chance, num cruzamento de Mendy. Na pequena área, Benzema perdeu o tempo da bola (de ouro?) numa bela furada.

Comentários