Publicidade

Jürgen Klopp ganhou um novo homem-gol. O Liverpool abriu os cofres e contratou Darwin Núñez, centroavante uruguaio que se destacou com a camisa do Benfica.

Darwin já está no pódio do técnico alemão. Pelo menos no quesito reforços mais caros de Jürgen Klopp. O Liverpool pagou 75 milhões de euros (R$ 408,1 milhões). A operação, com as variáveis, pode chegar à casa dos 100 milhões de euros (R$ 544,2 milhões).

Galeria de Fotos

Klopp vem aproveitando o poderio econômico do Liverpool, clube que comanda desde a temporada 2015/2016. Dos 20 reforços mais caros do técnico alemão, segundo dados do “Transfermarkt”, 15 são da trajetória na Inglaterra.

Relacionadas

Cristiano Ronaldo Manchester United

Os reforços mais caros de Jürgen Klopp

Publicidade

Em 2014, Jürgen Klopp tirou Kevin Kampl do Salzburg. O Borussia Dortmund pagou 12 milhões de euros (R$ 65,3 milhões, na cotação atual).

Kevin Kampl Jürgen Klopp Kevin Kampl não deu certo no Dortmund | Foto: PATRIK STOLLARZ/AFP via Getty Images

O Liverpool, em 2020, buscou o lateral-esquerdo Konstantinos Tsimikas, no Olympicados, por 13 milhões de euros (R$ 70,5 milhões, na cotação atual).

PSG se movimenta e está perto de definir duas contratações

Publicidade

Aubameyang foi um acerto e tanto de Jürgen Klopp no mercado da bola. Em 2013, o Dortmund contratou o atacante, junto ao Saint-Étienne, por 13 milhões de euros (R$ 70,5 milhões, na cotação atual).

Manchester City perto de contratar ‘sombra’ para Ederson

Em 2018, o técnico alemão buscou Shaqiri para ser uma opção ofensiva. O Liverpool pagou 14,7 milhões de euros (R$ 80 milhões, na cotação atual) ao Stoke City.

Publicidade

Marco Reus é mais uma contratação emblemática de Klopp na época de Borussia Dortmund. Em 2012, o clube pagou 17,1 milhões de euros (R$ 93 milhões, na cotação atual) ao Borussia Mönchengladbach, pelo jogador que se tornaria ídolo do Dortmund.

Em 2014, o Dortmund buscou Ciro Immobile no Torino. Ele custou 18,5 milhões de euros (R$ 100,6 milhões, na cotação atual).

Ciro Immobile Ciro Immobile não ficou muito tempo na Alemanha | Foto: PATRIK STOLLARZ/AFP via Getty Images

Thiago foi uma “pechincha”. O Liverpool se aproveitou que o meia tinha apenas mais um ano de vínculo com o Bayern de Munique e contratou o craque por 22 milhões de euros (R$ 119,7 milhões, na cotação atual), em 2020.

Domínio do Liverpool

Publicidade

Wijnaldum trocou o Newcastle pelo Liverpool, em 2016. Ele foi peça importante do técnico holandês e custou 27,5 milhões de euros (R$ 149,6 milhões, na cotação atual).

Em 2013, Klopp buscou Mkhitaryan no Shakhtar Donetsk. O Dortmund pagou 27,5 milhões de euros (R$ 149,6 milhões, na cotação atual).

Alex Oxlade-Chamberlain trocou o Arsenal pelo Liverpool, em 2017. Ele custou 38 milhões de euros (R$ 206,8 milhões, na cotação atual).

Publicidade

Ibrahima Konaté chegou ao Liverpool na última temporada. Ex-Leipzig, o zagueiro foi contratado por 40 milhões de euros (R$ 217,6 milhões, na cotação atual).

Sadio Mané se despediu do Liverpool, mas tem um lugar na história do clube. Ele chegou na era Klopp, em 2016, por 41,2 milhões de euros (R$ 224,2 milhões, na cotação atual).

Mohamed Salah é outra tacada certeira de Klopp no Liverpool. O astro egípcio, ex-Roma, custou 42 milhões de euros (R$ 228,5 milhões, na cotação atual).

Klopp e Salah Liverpool Klopp e Salah estão na história do Liverpool | Foto: Emilio Andreoli/Getty Images

Publicidade

Em 2020, o Liverpool buscou Diogo Jota no Wolverhampton por 44,7 milhões de euros (R$ 243,2 milhões, na cotação atual).

Fabinho chegou ao Liverpool em 2018. O clube inglês pagou 45 milhões de euros (R$ 244,9 milhões, na cotação atual) ao Monaco.

Luis Díaz desembarcou no Liverpool na janela de janeiro do mercado da bola, após se destacar pelo Porto. O atacante colombiano foi contratado por 47 milhões de euros (R$ 255,7 milhões, na cotação atual).

Publicidade

O Liverpool buscou Keita, em 2018, no Leipzig por 60 milhões de euros (R$ 326,5 milhões, na cotação atual).

O trio de ferro de Klopp

O brasileiro Alisson abre o pódio dos reforços mais caros de Jürgen Klopp. Para tirá-lo da Roma, em 2018, o Liverpool pagou 62,5 milhões de euros (R$ 340,1 milhões, na cotação atual).

Darwin Núñez, por enquanto, é a segunda contratação mais cara do técnico alemão.

Publicidade

Xerife do Liverpool, Virgil van Dijk é o reforço mais caro do clube e de Klopp. Para tirá-lo do Southampton, em dezembro de 2017, o clube inglês pagou 84,65 milhões de euros (R$ 460,6 milhões, na cotação atual).

Comentários