Publicidade

Cristiano Ronaldo ataca de bombeiro e tenta apagar um incêndio no Manchester United. O craque português busca juntar os cacos, após a goleada imposta pelo Liverpool, e exerce um papel de liderança com intuito de evitar uma crise ainda maior.

Segundo o “Manchester Evening News”, Cristiano Ronaldo vem buscando unir o vestiário do Manchester United e contornar problemas com o técnico Ole Gunnar Solskjaer. CR7 quer que o elenco não desista, embora alguns nomes tenham restrições quanto ao comandante.

Solskjaer e Cristiano Ronaldo: as caras do fiasco histórico em Old Trafford - Foto: Alex Pantling/Getty Images Cristiano Ronaldo tenta apagar incêndio no clube | Foto: Alex Pantling/Getty Images

O clima não é dos melhores. Não apenas pela goleada sofrida. As táticas de Solskjaer são questionadas internamente. Além disso, alguns nomes do elenco consideram que o técnico tem favorecido determinados atletas.

Relacionadas

Solskjaer e Cristiano Ronaldo: as caras do fiasco histórico em Old Trafford - Foto: Alex Pantling/Getty Images
de Ligt Juventus
Mbappé PSG

Publicidade

É neste contexto e com Cristiano Ronaldo de bombeiro que o Manchester United tenta sair da crise. A direção optou por dar nova chance a Solskjaer. O técnico recebeu conselhos e apoio de Sir Alex Ferguson. Entretanto, o comandante continua na corda bamba.

Bayern e City monitoram De Jong, mas Barcelona tem carta na manga de R$ 2 bilhões

Os próximos três jogos, contra Tottenham, Atalanta (pela Champions League) e Manchester City são considerados decisivos para o o futuro de Solskjaer. Embora tenha mantido o técnico, a direção do Manchester United avalia possibilidades e está dividida entre dois nomes.

Comentários