Publicidade

Cristiano Ronaldo ironizou o fisco espanhol (Reprodução Twitter) Cristiano Ronaldo ironizou o fisco espanhol (Reprodução Twitter)

Cristiano Ronaldo preso? O pedido de prisão de CR pelo fisco espanhol movimenta mais uma vez a polêmica envolvendo o pagamento de impostos por grandes jogadores na Europa. O português do Real Madrid é acusado de cometer quatro crimes contra o Fisco da Espanha. Na sua defesa, ele acusa que está sendo tratado de maneira diferente do que Lionel Messi, astro do Barcelona.

Messi vem conseguindo pagar menos impostos porque é considerado não residente pelo fisco espanhol. Cristiano Ronaldo deseja, dentre outras coisas, ter o mesmo benefício. Ambos, porém, trabalham regularmente na Espanha, conforme domínio público. O MQJ aproveitou a polêmica para relembrar outros atletas que tiveram problemas com a Justiça por conta do pagamento ou não pagamento de imposto de renda.

Publicidade

Lionel Messi, por exemplo, usado como exemplo por Cristiano Ronaldo, vem sendo monitorado de perto pelo fisco espanhol. O craque do Barcelona chegou a ser condenado à prisão em maio deste ano, mas logicamente conseguiu se livrar pagando as multas correspondentes. A Fundação Messi segue a mesma linha de investigação, o que vem deixando o craque argentino extremamente indignado.

Outros craques também sofreram com o fisco

Craque no nível dos outros dois, Neymar também vem lutando contra o fisco. Ele responde a processos na Espanha por conta da sua polêmica transferência para o Barcelona. O contrato recente com o PSG está sendo também monitorado por autoridades fiscais.

Figo sofreu com o fisco nos seus tempos de Barcelona (Divulgação) Figo sofreu com o fisco nos seus tempos de Barcelona (Divulgação)

Outro português que sofreu na Espanha foi Luis Figo, que teve que desembolsar cerca de R$ 10 milhões em impostos de renda no período em que defendeu o Barcelona.

Publicidade

Também ídolo do Barcelona, o atacante camaronês Samuel Eto’o quase foi preso após o Fisco espanhol ter descoberto que ele criou uma empresa supostamente fantasma para receber alguns rendimentos do clube catalão. A multa para ele foi de 3,5 milhões de euros.

LEIA MAIS

Palmeiras lidera lista de reforços já confirmados para 2018
Harry Kane acaba com hegemonia de Messi e Cristiano Ronaldo
Brasileiros ficam fora de seleção de jovens talentos da Fifa
Cristiano Ronaldo domina Messi e Neymar também na Internet
Real Madrid forma geração de filhos de craques
Messi supera Cristiano Ronaldo em lista dos melhores do mundo

Publicidade

Diego Maradona sempre enfrentou problemas com o imnposto de renda da Itália, que até hoje alega que o ex-jogador deve 38 milhões de euros. Zico também enfrentou um processo na Itália por conta do período em que defendeu a Udinese.

O pai de Steffi Graff foi preso na Alemanha (Divulgação) O pai de Steffi Graff foi preso na Alemanha (Divulgação)

Mas não são apenas jogadores de futebol que sofrem com o Fisco na Europa. A tenista espanhola Arantxa Sanchez foi condenada a pagar 3,5 milhões de euros por supostamente ter burlado o imposto de renda alegando morar no Paraíso Fiscal de Andorra. Outro tenista consagrado, o alemão Boris Becker também foi multado pelo imposto de renda alemão. Quem teve ainda menos sorte foi o pai da ex-tenista alemã Steffi Graf. Ele que acabou preso na Alemanha por conta do mesmo problema.

Um dos maiores nomes da MotoGP, o italiano Valentino Rossi fez recentemente acordo com o fisco italiano para pagar cerca de 51 milhões de euros relativo a impostos.