Publicidade

O Atlético de Madrid vive uma situação delicada na temporada e ainda precisa lidar com problemas no vestiário. Segundo o “Marca”, o elenco perdeu a união demonstrada na conquista do último Campeonato Espanhol.

A chegada de dois reforços de peso contribuíram para mexer com a estrutura do Atlético de Madrid. O núcleo mais experiente do elenco não reagiu bem ao status de astro de De Paul.

Simeone Atlético de Madrid Simeone tem problemas a resolver no Atlético de Madrid | Foto: Juan Manuel Serrano Arce/Getty Images

Já Griezmann, embora tenha um retorno facilitado por conhecer muitos do grupo – é amigo de Koke, por exemplo -, “furou a fila”. A bronca é que Simeone, de cara, colocou o atacante francês como titular. Assim, Correa, um nome querido pelo plantel, perdeu um pouco de espaço.

Relacionadas

Haaland
Oscar

Publicidade

O jornal também aponta que a convivência entre alguns grupos do elenco do Atlético de Madrid foi piorando. É o caso dos jogadores de origem balcânica (Oblak, Vrsaljko e Savic) com atletas brasileiros e portugueses (Renan Lodi, Matheus Cunha, Felipe e Joao Félix), além de Carrasco e Lemar.

MAIS! Dembélé dá resposta ao Barcelona: ‘Não vou ceder a chantagens’

Alguns nomes do elenco também estão insatisfeitos com o papel que têm no time e não escondem o descontentamento no Atlético de Madrid. Os resultados ruins também impactam no vestiário.

Publicidade

MAIS! Inter de Milão prepara terreno para dar bote em craque da Juventus

O Atlético de Madrid caiu na semifinal da Supercopa da Espanha e foi eliminado pela Real Sociedad nas oitavas de final da Copa do Rei. Além disso, o time de Simeone está na quarta colocação de La Liga, a 16 pontos do líder Real. O Atlético tem um jogo a menos em relação ao rival.

Comentários