Publicidade

Vinicius Júnior escreveu o desfecho perfeito para uma temporada especial e já pode dizer que está eternizado na história do Real Madrid, com apenas 21 anos. Neste sábado, o brasileiro fez o gol do título da Champions League: 1 a 0 sobre o Liverpool, no Stade de France, em Paris. O Real mostra por que é o senhor da Champions League. Agora, são 14 conquistas. É, com sobras, o maior vencedor (sete a mais do que o Milan).

O Real Madrid foi copeiro. A estratégia de Carlo Ancelotti funcionou, de se defender e buscar investidas em velocidades. A estrela de Vinicius Júnior brilhou no segundo tempo. Uma temporada para nunca mais esquecer e para mudar de status. É protagonista. Dos grandes. O que falar sobre uma temporada de 22 gols e 16 assistências em 52 partidas? Só aplaudir.

Vinicius Júnior Real Madrid Liverpool Champions League Vinicius Júnior fez o gol do título | Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Quem também merece muitos aplausos é Courtois, gigante. O goleiro também foi decisivo, brilhou mais até do que Vinicius Júnior. Ele foi muito bem quando foi acionado, com defesas importantes – uma foi quase um milagre. O meio de campo histórico do Real Madrid foi outro ponto alto. Casemiro, Kroos e Modric se destacaram novamente.

Relacionadas

Publicidade

Após ganhar as copas na Inglaterra, o Liverpool flertou com uma temporada perfeita, mas viu o Manchester City levar a Premier League por um ponto e agora cai para o Real Madrid. E sendo melhor! Contudo, parou em Courtois.

Confusão na final da Champions League

O jogo sofreu um atraso de quase 40 minutos. Torcedores tentaram invadir (alguns conseguiram) o Stade de France. A confusão com policiais teve cenas lamentáveis e uso de spray de pimenta.

Champions League Champions League teve confusão | Foto: THOMAS COEX/AFP via Getty Images

A final da Champions League

Após um início equilibrado, o Liverpool deu trabalho ao Real Madrid, mas parou em Courtois. Aos 15 minutos, Salah completou cruzamento da direita com categoria, no contrapé do goleiro belga. Contudo, Courtois foi buscar e salvou o clube merengue.

Publicidade

Cinco minutos depois, Courtois brilhou de novo. Sadio Mané finalizou dentro da área. O goleiro belga desviou e a bola ainda bateu na trave. O Liverpool era superior ao Real Madrid.

Courtois Champions League Courtois fez milagre | Foto: FRANCK FIFE/AFP via Getty Images

O clube merengue conseguiu se segurar e deu um susto no Liverpool aos 42 minutos. Benzema foi lançado, limpou a marcação, mas não completou a jogada como gostaria. Contudo, Alisson se atrapalhou com Konaté. Valverde dividiu e a bola sobrou para o astro francês marcar. Contudo, ele estava impedido. O VAR demorou quatro minutos para confirmar a posição irregular.

A estratégia do Real Madrid, de buscar os contra-ataques, funcionou no segundo tempo. Aos 13 minutos, Valverde, aposta de Carlo Ancelotti, desceu pela direita e chutou cruzado. Vinicius Júnior apenas cumprimentou para o fundo da rede: 1 a 0.

Vinicius Júnior Champions League Vinicius Júnior brilha na final da Champions League | Foto: Matthias Hangst/Getty Images

Publicidade

Courtois precisou trabalhar de novo. Salah finalizou de fora da área e viu o goleiro belga espalmar. Depois, ele abafou o atacante egípcio e salvou o Real Madrid de novo.

Casemiro perdeu chance de ampliar. Após cobrança de falta, ele surgiu livre na área. Contudo, tentou tocar em vez de chutar e errou. Já Courtois voltou a aparecer. Diogo Jota, que entrou no segundo tempo, desviou chute de fora da área e quase enganou o belga, mas ele se recuperou e espalmou.

Salah não acreditou e se desesperou quando Courtois fez novo milagre para salvar o Real Madrid. O clube inglês esbarrou na muralha. O Real ficou com o título.

Comentários