Publicidade

Ele tem apenas 14 anos, mas já é assunto nas mesas de diretoria de gigantes do futebol europeu. Trata-se de Daniel Kelly, jogador das categorias de base do Celtic da Escócia. Os representantes do jogador já estão negociando com os dirigentes do clube escocês para que ele assine um vínculo de cinco anos. Uma garantia comum no futebol daquele país para que os times continuem apostando em jovens. Entretanto, isso não vai significar que ele permaneça por muito tempo no Celtic.

Daniel Kelly em ação pelo Celtic (Foto: Santander Cup Divulgação)

Daniel Kelly já tem mercado na Inglaterra e em Portugal. O Benfica marcou para esta semana uma rodada de negociações com o Celtic. O clube português monitora a situação envolvendo a negociação dos agentes do jogador com o clube escocês.

Leia também:

Publicidade

Parceria entre Sarri e Jorginho ganha força na Juventus
Clube de Portugal pede ajuda a Cristiano Ronaldo para subir de divisão

Além do Benfica outros clubes já sondaram o Celtic. Segundo apurações do jornal escocês ‘Daily Record’, Arsenal, Chelsea, Manchester UnitedTottenham e Leicester, todos ingleses, já fizeram sondagens pelo jogador.

Manchester United conversou com agentes

O Manchester United foi quem mais se aproximou de uma conversa com o jogador, por meio de seus representantes. Foi há dois anos, durante a disputa do Santander Cup. O Celtic venceu o Liverpool por 1 a 0 graças a um gol de Daniel Kelly (veja o vídeo deste jogo abaixo). Logo após a partida dirigentes dos Diabos Vermelhos conversaram com agentes do atleta.

Publicidade

A diretoria do Celtic não pretende negocviar Daniel Kelly tão cedo. Entende que o jogador pode se valorizar mais. Isso porque ele é tratado no país como uma espécie de “Messi escocês”. Habilidoso, ele consegue ser rápido e ao mesmo tempo trabalhar a estrutura física. Tem forte capacidade de conclusão e um bom posicionamento para cabeceio. Qualidades que já foram percebidos por muitos do Velho Continente. Se este talento permanecer, Daniel Kelly será um nome muito falado nos próximos anos no futebol mundial.