Publicidade

A decisão da Champions League está se aproximando. No dia 29 de maio Manchester City e Chelsea vão decidir em uma final inglesa quem será o campeão do maior torneio de clubes da Europa. Uma certeza em relação ao jogo é que os dois clubes montaram elencos bilionários para darem esta volta olímpica. Mas o City investiu um pouquinho mais e tem um plantel R$ 1,5 bilhão mais caro que o rival de Londres.

Finalista da Champions League, o Manchester City busca o primeiro título de sua história no torneio. Mas para chegar à sua primeiro final e tentar o caneco o clube não mediu esforços. Montou um elenco com valor de mercado de 1,03 bilhão de euros (R$ 6,5 bilhões). O time de Pep Guardiola vai enfrentar o Chelsea embalado por uma campanha invicta e por um elenco valioso. Sterling e De Bruyne são os mais valiosos. Cada um avaliado em 100 milhões de euros (R$ 639 milhões).

Manchester City tem elenco bilionário. Mas muita responsabilidade (Foto: Uefa)

Quem também pede passagem nesta lista é Phil Foden. O jovem meia inglês, de 21 anos, vem se consolidando e brilhando pelo City. O valor de mercado dele é de 70 milhões de euros (R$ 447 milhões). O zagueiro Rúben Dias tem valor de mercado de 70 milhões de euros (R$ 447 milhões). Ele acertou o sistema defensivo do time de Guardiola. O brasileiro Gabriel Jesus, opção ofensiva de Guardiola, tem valor de mercado de 60 milhões de euros (R$ 383 milhões). Ederson vem logo em sequência. O goleiro brasileiro é avaliado em 56 milhões de euros (R$ 358 milhões).

Havertz é o  mais caro do Chelsea

Publicidade

Pa o Chelsea o custo foi de quase R$ 5 bilhões. Este é o valor de mercado do seu elenco. O plantel é recheado de talento, turbinado por uma temporada agitada no mercado da bola, em que contratou nomes como Havertz, Timo Werner, Ziyech, Chilwell, entre outros. O plantel do clube é avaliado em 779,8 milhões de euros (R$ 4,9 bilhões), de acordo com “Transfermarkt”, especialista no assunto.

MAIS! Os brasileiros campeões da Champions League

Havertz Havertz se destaca pelo Chelsea (Foto: Uefa)

O jovem alemão Havertz é o jogador mais valioso do Chelsea, com valor de mercado de 70 milhões de euros (R$ 447 milhões). O compatriota Timo Werner vem logo na sequência, avaliado em 65 milhões de euros (R$ 415 milhões).

Chelsea também investiu no técnico

Publicidade

Um dos destaques do time nesta caminhada de Champions League, Mason Mount tem valor de mercado de 60 milhões de euros (R$ 383 milhões). Um pilar do Chelsea é Kanté, ídolo do clube. Ele é avaliado em 55 milhões de euros (R$ 351 milhões).

Relacionadas

Cristiano Ronaldo Juventus
Allegri

Além de o elenco ter dado conta do recado, o trabalho que rapidamente deu certo e pode ser coroado com o título da Champions League é o do técnico Thomas Tuchel. Ele assumiu no decorrer da temporada e levou o time à final da Champions League, contra o Manchester City, no dia 29. Tuchel substituiu Frank Lampard e não demorou a emplacar. O Chelsea passou a ser consistente e deixou para trás Atlético de Madrid, Porto e Real Madrid no mata-mata da Champions League.

MAIS! Lembre os goleiros que fizeram história na final da Champions League

Comentários