Publicidade

A novidade da Copa do Mundo será o Catar, justamente o anfitrião. O país-sede será o único estreante em Mundial nesta edição, que começa em novembro.

O Catar, assim, mantém uma sequência de Copas do Mundo com países estreantes. Em 2018, na Rússia, foram dois debutantes: Islândia e Panamá.

Galeria de Fotos

Em casa, Catar vai ter pela frente Equador, Holanda e Senegal, pelo Grupo A. A estreia é contra os equatorianos, no 21 de novembro.

Relacionadas

Alemanha Coreia do Sul
Tite e Alisson

Os estreantes das últimas Copas do Mundo

Publicidade

Em 2018, a Islândia disputou a Copa do Mundo pela primeira vez. De cara, segurou a Argentina de Lionel Messi, com um empate por 1 a 1. Depois, caiu para a Nigéria e para a Croácia e se despediu na primeira fase.

Está chegando a hora! As 32 seleções da Copa do Mundo do Catar

O Panamá também debutou em Copa do Mundo na Rússia. A estreia foi com derrota para a Bélgica, por 3 a 0. Depois, um cena chamou atenção. A seleção panamenha levou de 6 a 1 da Inglaterra, mas a torcida vibrou como se fosse uma vitória o gol marcado por Felipe Baloy, o primeiro do país em Mundiais. Por fim, a despedida foi com derrota para a Tunísia por 2 a 1.

Panamá Copa do Mundo Panamá debutou em 2018 | Foto: FILIPPO MONTEFORTE/AFP via Getty Images

Publicidade

No Brasil, em 2014, a estreante da Copa do Mundo foi a Bósnia-Herzegovina, que formava a antiga Iugoslávia. A seleção europeia caiu na fase de grupos. No primeiro jogo, derrota para a Argentina por 2 a 1, no Maracanã. Depois, queda para a Nigéria por 1 a 0, na Arena Pantanal. A despedida foi com triunfo por 3 a 1 sobre o Irã, na Arena Fonte Nova.

Mata-mata de cara

Em 2010, a Eslováquia, que antigamente integrava a Tchecoslováquia, debutou em Copa do Mundo, na África do Sul, e foi até o mata-mata. O feito foi alcançado com uma vitória histórica. A seleção eslovaca largou com empate com a Nova Zelândia e depois perdeu para o Paraguai. Na última rodada, enfrentou a então atual campeã mundial Itália e venceu por 3 a 2, classificando-se para as oitavas de final. No mata-mata, caiu para a Holanda por 2 a 1. A Fifa, entretanto, considera a Eslováquia sucessora da Tchecoslováquia, assim como a República Tcheca. Assim, não considerou a Eslováquia como novata naquela edição.

Eslováquia Holanda derrubou a Eslováquia | Foto: KARIM JAAFAR/AFP via Getty Images

A Copa do Mundo de 2006, na Alemanha, foi recheada de estreantes. Gana e Ucrânia foram as que chegaram mais longe – caíram nas oitavas de final. A seleção ganesa largou com derrota para a Itália, mas depois venceu República Tcheca e Estados Unidos e avançou. No mata-mata, perdeu por 3 a 0 para a Seleção Brasileira.

Gana 2006 Ronaldo balançou a rede de Gana | Foto: VALERY HACHE/AFP via Getty Images

Publicidade

A Ucrânia também largou com derrota – foi goleada pela Espanha. Depois, goleou a Arábia Saudita e bateu a Tunísia para avançar. Nas oitavas de final, caiu nos pênaltis para a Suíça.

Diretor do Bayern de Munique confirma acordo por Sadio Mané

Quedas na fase de grupos em 2006

Trinidad e Tobago levou um pontinho da primeira e única, até aqui, Copa do Mundo que disputou. Foi justamente na estreia, contra a Suécia. Depois, perdeu para a Inglaterra e para o Paraguai.

Publicidade

A Costa do Marfim não resistiu à Argentina e à Holanda. Depois, a seleção africana se despediu do Mundial com vitória sobre Sérvia e Montenegro por 3 a 2.

Angola também caiu na fase de grupos. Largou com derrota para Portugal e depois empatou com México e com Irã.

Togo perdeu os três jogos que disputou na África do Sul, para Coreia do Sul, Suíça e França.

Senegal deu trabalho na estreia em Copas do Mundo

Publicidade

Na Copa do Mundo de 2002, Senegal estreou em um grupo da morte e conseguiu se classificar. De cara, venceu a França, então campeã mundial. Depois, empatou com Dinamarca e Uruguai e avançou em segundo lugar. Nas oitavas de final, derrubou a Suécia na prorrogação. A queda nas quartas de final, na prorrogação, foi para a Turquia.

Senegal Copas do Mundo Senegal foi longe | Foto: KAZUHIRO NOGI/AFP via Getty Images

A Eslovênia, que compunha a extinta Iugoslávia, estreou em 2002 e perdeu os três jogos – para Espanha, África do Sul e Paraguai.

A China se despediu com três derrotas e sem balançar a rede. Perdeu para a Costa Rica, foi goleada pelo Brasil e derrotada pela Turquia.

Publicidade

Já o Equador levou uma vitória na bagagem. Após perder para Itália e México, a seleção equatoriana bateu a Croácia por 1 a 0.

Comentários