Publicidade

A turma que fica de olho nas redes sociais não deixa passar nada batido. Ainda mais o que é inaceitável. Nem mesmo aquilo que aconteceu há nove anos fica no esquecimento. Após receber denúncias, a FA decidiu abrir processo contra Marc Bola por uma postagem feita em 2012. O lateral-esquerdo joga a Premier League pelo Middlesbrough.

Na época o jogador tinha 14 anos e teria feito um tweet, postagem na rede social Twitter, com homofóbicas. Segundo a FA, a Liga Inglesa, a postura dele foi “abusiva, imprópria e ofensiva”.

Marc Bola vai responder por homofobia (Foto: Divulgação)

Atualmente com 23 anos o jogador não se pronunciou ainda sobre o fato. Ainda aguarda esclarecimentos sobre o fato. Mas ele tem até o dia 20 de setembro para se explicar junto à entidade esportiva.

Publicidade

MAIS! Top 20 dos clubes que mais investiram na janela

Não é a primeira vez que a FA age assim. Em março deste ano o atacante Jarrod Bowen, do West Ham, também passou por experiência semelhante ao ser acusado pela FA por um ‘tweet’ quando tinha 15 anos, em 2012, que continha um termo racista. Bowen pediu desculpas, recebeu um aviso da FA um mês depois e foi obrigado a frequentar um curso de educação na FA. Assim cumpriu a punição. Além disso mudou de postura.

Relacionadas

Van Dijk Holanda
João Félix

Comentários