Publicidade

De acordo com a imprensa francesa, o empresário Gérard Lopez, dono e presidente do Lille deve se afastar do cargo. O motivo seriam as dívidas acumuladas do clube francês, que podem chegar a 200 milhões de euros. Algo em torno de R$ 1,2 bilhão. Lopez também é acionista do Boavista, de Portugal.

Gérard Lopez, gestor do Lille, deve ser afastado do cargo Gérard Lopez, gestor do Lille, sob risco de perder o cargo – Foto: FRANCOIS LO PRESTI/AFP via Getty Images)

A trama envolve ainda a Elliott Management Corporation, empresa dos Estados Unidos, no entanto, como vítima. A companhia gere investimentos e detém um dos maiores fundos do mundo. No entanto, fez um péssimo negócio ao se meter com o Lille. Isso porque financiou 130 milhões ao clube – mais de R$ 800 milhões -, na pessoa de Gérard Lopez, mas os prazos de pagamento não estão sendo cumpridos.

Para tentar evitar o famoso calote, os americanos pediram uma reunião de emergência o empresário. A solução pode passar pela venda de jogadores em janeiro. Entretanto, há também a possibilidade de venda do clube. Para esse último caso, já existiria inclusive um comprador interessado.

Leia também

Publicidade

Acerto de Messi com o PSG aconteceu em reunião no consulado do Catar

Puig pode ser a ruína de Koeman no Barcelona. Entenda!