Publicidade

Inesgotável, Gianluigi Buffon vai jogar, pelo menos, até os 46 anos. O goleiro italiano renovou contrato com a Parma até 2024. Buffon mostra que ainda tem fôlego para “desafiar a lógica” e prolongar a carreira.

Buffon, assim, é mais um nome com anos de estrada no futebol internacional. O goleiro italiano não foi o primeiro nome de peso da posição que passou dos 40 anos em atividade.

Galeria de Fotos

A inspiração de Buffon é “caseira”. Dino Zoff foi campeão mundial com a Itália, na Copa de 1982, com 40 anos. Ele se aposentou com 41 anos.

Buffon Parma O inesgotável Buffon tem fôlego para mais | Foto: Parma / Divulgação

Publicidade

O holandês Edwin van der Sar se aposentou aos 41 anos, com a camisa do Manchester United. Além do clube inglês, ele fez história também no Ajax, no começo de carreira.

Outro “quarentão” em ação é Ibrahimovic. O craque sueco do Milan ainda não pensa em aposentadoria. Ibra está com 40 anos.

Ibrahimovic Milan Ibrahimovic não pensa em parar| Foto: ALBERTO PIZZOLI/AFP via Getty Images

Joaquin, aos 40 anos, é nome importante para o Betis. Ele começou a carreira no clube, depois defendeu Valencia, Málaga e Fiorentina e voltou para casa em 2015.

Publicidade

Borussia Dortmund pode buscar substituto para Haaland no Chelsea

Lenda da Roma, único clube que defendeu na carreira, Totti se aposentou aos 41 anos. O meia-atacante fez história e é um dos principais ídolos do time.

Quarentões históricos do futebol europeu

Paolo Maldini é mais um com status de lenda no futebol italiano. Ele é um dos principais jogadores da história do Milan, pelo qual fez história. Maldini se aposentou prestes a completar 41 anos.

Paolo Maldini fez história no Milan (Foto: Calcio)

Publicidade

Alessandro Costacurta é mais uma “instituição de zagueiros” da Itália. Também fez história pelo Milan, pelo qual se aposentou aos 41.

Ryan Giggs é outro exemplo de amor à camisa. O galês fez história pelo Manchester United, único clube na carreira. Giggs jogou até os 40 anos.

De 1995 a 2014, Javier Zanetti defendeu a Inter de Milão. Não à toa se transformou em ídolo do clube. Zanetti se aposentou aos 40 anos.

Comentários