Publicidade

Gianluigi Buffon disputou cinco Copas do Mundo defendendo a Azzurra  (Foto: Divulgação)

O sonho de disputar a sexta Copa do Mundo consecutiva acabou para Buffon. Afinal, a Itália está fora do Mundial da Rússia, em junho deste ano. O goleiro, entretanto, mostrou o quanto preza a Azzurra ao desistir da aposentaria na seleção italiana e se colocar à disposição para ser convocado visando os amistosos contra a Argentina e a Inglaterra.

Depois da eliminação italiana da Copa da Rússia pela Suécia, Buffon, de 40 anos, anunciou que não jogaria mais pela seleção de seu país. Porém, mudou de opinião e se colocou à disposição do técnico interino Luigi Di Biagio. Este, por sua vez, julga ser injusto um ídolo como o goleiro (campeão mundial em 2006) se aposentar deixando um insucesso como última impressão.

Anote na agente

Publicidade

A Itália enfrentará a Argentina dia 23 de março, na Basiléia (Suíça). O amistoso contra a seleção inglesa será disputado quatro dias depois, em Londres. Buffon está em grande forma e é um dos destaques da Juventus de Turim na luta pelo inédito hexacampeonato italiano.

Leia também:

Craques brasileiros que não jogaram a Copa do Mundo? Relembre alguns
Gabriel Jesus muda de patamar com contrato com a Gatorade
Campeão de cara, Flamengo tenta se livrar de ‘maldição’ na Libertadores
‘Quinteto fantástico’: Griezmann irá defender o Barcelona, diz jornal
Com três brasileiros, jornal espanhol lista dez joias da Libertadores
Real Madrid aperta o cerco para ter Vinicius Júnior no meio do ano
Para agradar Neymar, PSG estuda trocar Mbappé por Philippe Coutinho