Publicidade

O PSG não deixou passar a declaração de Florentino Pérez, presidente do Real Madrid, sobre Mbappé e subiu o tom. Coube ao brasileiro Leonardo, dirigente do Paris Saint-Germain, responder e atacar. Ele cobrou respeito.

Florentino, após Mbappé confirmar que pediu para sair do PSG na última janela, declarou que “em janeiro teremos novidades”, além de dizer que esperava ter tudo resolvido no dia 1º de janeiro.

Mbappé PSG Real Madrid Mbappé no meio do fogo cruzado entre PSG e Real Madrid | Foto: Imago Images

Leonardo reagiu a esta declaração. Depois desta fala, Florentino até recuou e disse que “precisava esperar o próximo ano para ter novidades, respeitando o PSG.”

Relacionadas

Sergio Ramos PSG
Pochettino PSG
Sterling Manchester City
Neymar PSG

Publicidade

– Estas novas palavras de Florentino Pérez, ao “El Debate”, são apenas a continuidade da falta de respeito ao PSG. Em uma mesma semana, um jogador do Real Madrid (Benzema), depois o técnico (Carlo Ancelotti) e agora o presidente falam sobre Mbappé como se fosse um deles. Florentino Pérez falou sobre Mbappé para a torcida do Real Madrid na semana. Repito: é uma falta respeito que não se pode tolerar – declarou Leonardo, ao ‘L’Equipe’.

LEIA MAIS! Arteta define alvos para renovar o ataque do Arsenal

O brasileiro aumentou ainda mais o tom e pediu um basta, além de dar um recado. O PSG ainda não desistiu de Mbappé.

Publicidade

– Só lembro que a janela de transferências já fechou e a temporada está em andamento. O Real Madrid não pode continuar se comportando assim. Que pare! Mbappé é jogador do PSG e o clube entende perfeitamente que esta relação vai durar – acrescentou.

Comentários