Publicidade

O Brasil dominou o Paraguai desde o início e venceu por 4 a 0, nesta terça-feira, no Mineirão, pela 16ª rodada das Eliminatórias. Com a Seleção já classificada para a Copa do Mundo, Tite fez testes e viu uma boa atuação.

Mais ofensiva, com Lucas Paquetá como segundo homem de meio de campo e com liberdade para se movimentar e atacar, a Seleção não deu chances ao Paraguai. Por sinal, Paquetá foi um dos destaques do time. Raphinha foi o protagonista. Vinicius Júnior deu trabalho à zaga paraguaia e Philippe Coutinho correspondeu à confiança de Tite: fez um belo gol.

Raphinha Brasil Paraguai Raphinha foi protagonista da goleada do Brasil sobre o Paraguai | Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação

Com a vitória, o Brasil, invicto nas Eliminatórias, pulou para 39 pontos. Os próximos compromissos, em março, são contra o Chile, em casa, e Bolívia, fora. O Paraguai, com 13 pontos e na nona colocação, não tem mais chances de ir à Copa do Mundo.

Relacionadas

Alexis Sánchez Bolívia Chile
Arrascaeta Uruguai Venezuela
Lautaro Martínez Argentina Colômbia

Brasil coloca o Paraguai na roda

Publicidade

A etapa inicial foi de domínio da Seleção Brasileira. Logo no primeiro minuto, Raphinha invadiu a área e balançou a rede. Entretanto, a bola bateu no braço dele ao se livrar da marcação. O gol foi anulado. O que chamou atenção também no começo do duelo, de forma negativa, foi uma briga nas arquibancadas do Mineirão.

MAIS! Coreia do Sul aumenta lista de classificados para Copa do Mundo

Raphinha perdeu uma oportunidade limpa aos 16 minutos. O Brasil recuperou a bola, Vinicius Júnior avançou pela esquerda e cruzou para o atacante do Leeds United. Praticamente sem goleiro, ele chutou por cima.

Publicidade

MAIS! Barcelona desconfia de dois clubes na ‘guerra’ contra Dembélé

A Seleção bateu 73% de posse de bola. E o jogo era com Raphinha. Aos 27, Marquinhos deu um bolão para o atacante. Ele invadiu a área, cortou para perna esquerda e não perdoou: 1 a 0. A superioridade foi se transformando em chances. Philippe Coutinho não conseguiu dominar a bola, dentro da área, e viu a zaga cortar.

Philippe Coutinho Brasil Paraguai Philippe Coutinho organizou o meio de campo | Foto: Lucas Figueiredo / CBF / Divulgação

Depois, Coutinho deu bolão para Vinicius Júnior. O atacante do Real Madrid invadiu a área, mas adiantou muito a bola. Assim, foi abafado pelo goleiro Antony Silva. O Brasil teve ainda mais duas chances. O chute de Matheus Cunha passou perto, enquanto Thiago Silva, após cobrança de falta, parou em Antony Silva.

Brasil não tira o pé e chega à goleada

Publicidade

A Seleção não diminuiu o ritmo no segundo tempo. Logo aos três minutos, Vinicius Júnior fez grande jogada pela esquerda e cruzou. Raphinha emendou de primeira e acertou a trave. Depois, após cruzamento de Alex Telles, Matheus Cunha cabeceou para fora.

Já Paquetá, após lançamento de Coutinho, tocou por cima do gol e perdeu chance. Tite fez as primeiras mudanças. Antony e Gabriel Jesus entraram. Saíram Vinicius Júnior e Matheus Cunha. O Brasil ampliou com Philippe Coutinho. Aos 16, ele recebeu com liberdade na entrada da área e chutou com categoria: 2 a 0.

O domínio brasileiro continuou. Tite fez mais mudanças. Entraram Bruno Guimarães, Rodrygo e Everton Ribeiro. Saíram Coutinho, Raphinha e Paquetá. O meia do Flamengo participou do terceiro gol. Everton Ribeiro tocou para Antony, que acertou um belo chute, aos 40: 3 a 0.

Publicidade

Deu tempo para o quarto. Em belo contra-ataque, Rodrygo apareceu livre, para completar passe de Bruno Guimarães: 4 a 0. Goleada e bela atuação do Brasil.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 4X0 PARAGUAI

Local: Mineirão, Belo Horizonte (MG)
Data: 01/02/2022, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Facundo Tello (ARG)
Assistentes: Ezequiel Brailovsky (ARG) e Maximiliano Del Yesso (ARG)
VAR: Patrício Loustau (ARG)
Cartão amarelo: Arzamendia, Villasanti e Junior Alonso (Paraguai)
Cartão vermelho:
Gol:
Brasil: Raphinha, aos 27′ do 1ºT, e Philippe Coutinho, aos 16′ do 2ºT, Antony, aos 40′ do 2ºT, e Rodrygo, aos 42′ do 2ºT
Paraguai:

Publicidade

BRASIL: Ederson; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Alex Telles; Fabinho, Lucas Paquetá (Rodrygo) e Philippe Coutinho (Bruno Guimarães); Vinicius Júnior (Antony), Raphinha (Everton Ribeiro) e Matheus Cunha (Gabriel Jesus). Técnico: Tite.

PARAGUAI: Antony Silva; Robert Rojas (Rojas), Balbuena, Junior Alonso e Arzamendia (David Martínez); Villasanti (Benítez), Ojeda e Richard Sánchez (Enciso); Almirón, Samudio e Carlos González (Sanabria). Técnico: Guillermo Schelotto.

Comentários