Publicidade

A vaga para a Copa do Mundo é questão de tempo, mas a caminhada rumo ao Qatar vem sendo sem brilho. A Seleção Brasileira não se reencontra com o bom futebol e tropeçou pela primeira vez nas Eliminatórias. Neste domingo, o Brasil ficou no zero a zero com a Colômbia, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla, em jogo válido pela 5ª rodada, então adiado e cumprido agora.

Nem mesmo o retorno de Neymar deu brilho à Seleção. O craque até foi participativo no primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa final. O desempenho ofensivo do Brasil continua deixando a desejar. Tite vem fazendo testes, mas ainda não encontrou soluções.

Colômbia x Brasil Eliminatórias Paquetá tenta se livrar de Quintero | Foto: Conmebol

Gabigol foi pouco acionado como centroavante. Gabriel Jesus começou como ponta e depois jogou como 9. Não adiantou. Foi uma atuação coletiva sem muita inspiração. Raphinha, do Leeds United, mais uma vez entrou bem.

Relacionadas

Neymar Seleção Brasileira
Venezuela Equador Eliminatórias

Publicidade

A Seleção Brasileira continua soberana nas Eliminatórias, com 28 pontos – nove vitórias e um empate. Entretanto, o futebol continua sem empolgar. É a missão de Tite nesta protocolar caminhada rumo ao Qatar. A Colômbia agora tem 15 pontos e está na quinta colocação, que vai para a repescagem.

Brasil tem clássico pela frente

O Brasil volta a campo nesta quinta-feira e tem um clássico pela frente. A Seleção vai enfrentar o Uruguai, nesta quinta-feira, às 21h30 (horário de Brasília), na Arena da Amazônia. Já a Colômbia recebe o Equador, em duelo direto.

Tite contou com o retorno de Neymar, que cumpriu suspensão na vitória sobre a Venezuela. O técnico também promoveu a entrada de Éder Militão, Alex Sandro e Fred. Saíram Thiago Silva, Guilherme Arana e Gerson, além de Everton Ribeiro.

Brasil não empolga contra a Colômbia

Publicidade

O começo até foi promissor. Neymar arriscou de fora e obrigou Ospina a espalmar. Depois, ele achou bem Paquetá, mas o meia do Lyon tocou para fora.

Apesar de ter mais posse de bola, o Brasil deixou o ritmo cair. O jogo, então, esfriou. A Colômbia aproveitou para buscar algo, sem muita efetividade, em chutes de Quintero. A Seleção respondeu com Fred. Ele recebeu de Neymar, mas errou o alvo.

O Brasil voltou pior para o segundo tempo. Tite, então, fez a primeira mudança. Ele colocou Raphinha no lugar de Gabigol. A Colômbia assustou em chute de Uribe. Depois, Quintero testou de longe. Alisson espalmou.

Publicidade

A Colômbia era superior. Tite fez mais duas alterações. Entraram Thiago Silva e Antony e saíram Éder Militão e Gabriel Jesus. O zagueiro completou 100 jogos com a camisa da Seleção Brasileira.

O Brasil saiu do marasmo com Raphinha. Ele arriscou de fora da área e viu Ospina espalmar. O goleiro precisou trabalhar de novo. Raphinha cruzou para Antony. Ele conseguiu completar, mas viu Ospina salvar.

A Seleção Brasileira até melhorou com Raphinha e Antony, mas não foi o suficiente para evitar o primeiro tropeço nas Eliminatórias.

FICHA TÉCNICA

Publicidade

COLÔMBIA 0X0 BRASIL

Local: Estádio Metropolitano, em Barranquilla (Colômbia)
Data: 10 de outubro de 2021 (Domingo)
Horário: 18h (de Brasília)
Árbitro: Patricio Loustau (Argentina)
Assistentes: Ezequiel Brailosvky (Argentina) e Cristian Navarro (Argentina)
VAR: Piero Maza (Chile)
Cartão amarelo: Lerma e Borré (Colômbia)
Cartão vermelho:
Gol:
Colômbia:
Brasil:

COLÔMBIA: David Ospina; Medina, Mina, Cuesta e Mojica; Barrios, Lerma (Uribe) e Quintero (Sinisterra); Luis Díaz, Roger Martínez (Borré), Falcao (Zapata). Técnico: Reinaldo Rueda

Publicidade

BRASIL: Alisson; Danilo, Marquinhos, Éder Militão (Thiago Silva) e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá; Gabriel Jesus (Antony), Neymar e Gabigol (Raphinha). Técnico: Tite

Comentários