Publicidade

O Benfica é o responsável por um novo episódio da crise do Barcelona. O clube espanhol segura a lanterna do Grupo E da Champions League e já fica, no mínimo, pressionado. Com a vitória por 3 a 0, nesta quarta-feira, em Portugal, o Benfica dá um passo importante na briga por classificação e complica a vida do rival.

Agora, o clube português tem quatro pontos e está na vice-liderança do grupo. O time de Jorge Jesus abre três pontos de frente sobre o Dínamo de Kiev e quatro sobre o Barcelona, concorrente direto.

Darwin Núñez Benfica Barcelona Champions League Darwin Núñez fez para o Benfica | Foto: Uefa

Já o Barça vê o drama aumentar. A crise é financeira e técnica. O clube espanhol larga com duas derrotas na Champions League – já havia perdido para o Bayern de Munique. Corre o risco de ser eliminado na fase de grupos.

Relacionadas

Atalanta Young Boys Champions League
Nkunku Leipzig
Griezmann Atlético de Madrid

Publicidade

Na próxima rodada, o Benfica vai receber o Bayern de Munique, no dia 20 de outubro, enquanto o Barcelona vai buscar a primeira vitória na Champions League no duelo com Dínamo de Kiev, na Espanha.

Benfica supera o Barcelona

Jorge Jesus apostou na formação com três zagueiros. E o Benfica deu o bote logo no começo do jogo. Aos dois minutos, Darwin Núñez recebeu pela esquerda, foi para cima da marcação e bateu no canto: 1 a 0.

Jesus e Koeman Jesus e Koeman antes de a bola rolar: português levou a melhor | Foto: Uefa

Ao Barcelona, não restou outra alternativa a não ser pressionar o Benfica. O zagueiro brasileiro Lucas Veríssimo salvou os portugueses. Aos dez minutos, ele apareceu bem para bloquear finalização de Luuk de Jong. Apesar da maior posse de bola, o clube espanhol não conseguiu chegar ao empate.

Publicidade

A situação do Barcelona quase piorou no começo do segundo tempo. Aos seis minutos, Darwin Núñez acertou a trave. Koeman apostou em Philippe Coutinho e em Ansu Fati. O Benfica deu novo bote no minuto seguinte. Rafa Silva ampliou.

Quando a fase é ruim… pode piorar. De pênalti, Darwin Núñez fez o terceiro para o Benfica. Duas derrotas, seis gols sofridos e zero marcado. Este é o Barcelona na Champions League. Que situação!

Bayern faz o dever de casa na Champions League

O Bayern de Munique vai provando que é a principal força do Grupo E da Champions League. Após vencer o Barcelona, na Espanha, o clube bávaro fez o dever de casa contra o Dínamo de Kiev. O Bayern, com tranquilidade, venceu por 5 a 0.

Lewandowski Bayern Dínamo Champions League Lewandowski brilhou mais uma vez | Foto: Uefa

Publicidade

O clube alemão precisou de 27 minutos para encaminhar a vitória. Logo aos 12, Lewandowski, de pênalti, abriu o placar. Quinze minutos depois, o artilheiro do Bayern de Munique fez 2 a 0. Na etapa final, Gnabry ampliou aos 23 minutos, enquanto Sané marcou o quarto. Deu tempo para o quinto, feito por Choupo-Moting.

Com seis pontos, o Bayern de Munique vai navegando tranquilamente no Grupo E. O próximo desafio é o Benfica, em Portugal. O Dínamo de Kiev, por sua vez, ainda mantém esperança – empatou na estreia, contra o clube português – e vai precisar aprontar para cima do Barcelona.

Mais Champions League

Pelo Grupo G, o Salzburg bateu o Lille por 2 a 1. Adeyemi, duas vezes de pênalti, foi decisivo para o time austríaco. Burak Yılmaz diminuiu para os franceses. Já o Sevilla arrancou empate com Wolfsburg na reta final do jogo na Alemanha: 1 a 1.

Publicidade

Steffen colocou o clube alemão na frente. Entretanto, Rakitic, de pênalti, deixou tudo igual.

Agora, o Salzburg tem quatro pontos e lidera o grupo, enquanto Wolfsburg e Sevilla têm dois pontos. O Lille continua com um. Na próxima rodada, o Salzburg recebe o Wolfsburg, no dia 20 de outubro, enquanto o Sevilla visita o Lille, no mesmo dia.

Comentários