Publicidade

O Bayern de Munique teve pela frente um adversário bravo, mas venceu o Salzburg por 6 a 2, nesta terça-feira, em partida válida pelo Grupo A da Champions League. Berisha abriu o placar e Okugawa fez o segundo para o time Austríaco, na Red Bull Arena, em Salzburg. A reação veio com Lewandowski, que fez dois gols – seus primeiros na atual edição da Champions League. Kristensen, do Salzburg, fez contra, e completaram o placar Boateng, Sané e Hernandez, para o Bayern, líder absoluto do Grupo A.

Mergim Berisha finaliza, pegando sobra de chute de Koita: bola na rede, 1 a 0 – Foto:  Alexander Hassenstein/Getty Images)

Quem abriu o placar foi o RB Salzburg, com Berisha, que na esquerda, próximo da pequena área, aproveitou sobra após chute de Koita, aos 4 minutos de jogo. Aos 10 minutos Thomas Mueller encontrou Gnabry já dentro da área. Ele driblou um zagueiro e tocou para o gol. O zagueiro André Ramalho salvou, quase dentro do gol. O Bayern colocou pressão, teve um lance de pênalti a seu favor anulado e ainda um gol, novamente com Gnabry, anulado, embora corretamente.  O Salzburg, aos 16, levou perigo com Ramalho, de cabeça, escorando cobrança de escanteio, para defesa difícil de Neuer.

Finalmente, aos 20 minutos a pressão do Bayern fez efeito, quando Mwepu cometeu pênalti em Muller. Lewandowski cobra, deslocando o goleiro, no canto esquerdo. Foi o primeiro dele na Champions League. O segundo gol aconteceu aos 43 minutos, mas foi contra. Thomas Muller desceu pela direita e cruzou. A bola bateu na cabeça de Kristensen e foi para o fundo da rede.
Robert Lewandowski cobra pênalti e empata: jogo duro para o Bayern Robert Lewandowski cobra pênalti e empata: jogo duro para o Bayern – Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images)

Segundo tempo

Embora o Bayern tivesse mais força, o Salzburg manteve-se firme diante do gigante alemão. Arriscava-se ao ataque, criando oportunidades, mas sofria com os contra-ataques. Aos 15 minutos quase o time austríaco levou o segundo, em finalização de Gnabry, bem defendido por Stankovic.  O Bayern ainda acertou o travessão com forte chute de Gnabry. Não entanto, conforme o Ditato: quem não faz…
O brasileiro Ramalho roubou a bola de Lewandowski no meio de campo e encontrou o japonês Okugawa, que havia acabado de entrar. Ele entrou na área em velocidade e deslocou Neuer, empatando a partida. Mas o Bayern tem lá sua força, que todos conhecemos. Aos 33 minutos, em cobrança de escanteio da esquerda, Kimmich cobra e encontra Boateng que, de cabeça, coloca o time alemão à frente no placar.
Sané e Kimmich comemoram gol do Bayern – Foto: Alexander Hassenstein/Getty Images)
Sané ampliou o placar aos 37 minutos. O Bayern aproveitou erro na saída de bola do Salzburg, quando Kimmich roubou a bola e tocou para Sané, que ainda driblou um zagueiro, puxou a bola para a direita e chutou colocado, pelo alto. Um golaço. Restavam ainda alguns minutos, suficientes para Lewandowski deixar o seu segundo gol, escorando de cabeça cruzamento da direita, feito por Javi Martínez. Bem como Hernandez, aproveitando rebote do zagueiro Ramalho. Fim de jogo com o Bayern sendo Bayern.

Saiba mais…

Também pelo Grupo A, Atlético de Madrid só empata com o Lokomotiv e facilita a vida do Bayern. Veja como foi.