Publicidade

O Barcelona chegou a acordo com Ronald Koeman sobre a multa rescisória do técnico holandês, demitido no fim de outubro. Segundo o “Sport”, o clube resolve a questão até o fim do ano. E vai preparar um “cheque gordo”.

É que a indenização de Koeman é superior a 10 milhões de euros (R$ 62,4 milhões). O valor corresponde ao que o técnico deveria receber até o fim do contrato, que terminaria em junho.

Koeman Barcelona Koeman foi demitido no fim de outubro | Foto: Denis Doyle/Getty Images

Segundo o “Sport”, o Barcelona não tentou buscar desconto junto ao técnico. O jornal espanhol acrescenta que o Barça se comprometeu a pagar o valor até o fim do ano.

Relacionadas

Haaland Borussia Dortmund
Pochettino PSG

Publicidade

É mais um boleto pesado para um clube em grave crise financeira. Entretanto, a situação de Koeman era insustentável. O Barcelona sofria em campo, enquanto o técnico balançava no cargo.

MAIS! Barcelona busca melhor forma de rescindir com campeão mundial

No fim de outubro, o Barcelona, então, optou pela demissão de Koeman. O escolhido para tirar o time do sufoco foi Xavi Hernández, outro ídolo como jogador do clube.

Comentários