Publicidade

Peru e Austrália fizeram um jogo equilibrado e sem nenhuma emoção pela repescagem das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. No palco do Mundial, em Doha, no Catar, o 0 a 0 fez justiça à falta de criatividade dos dois times. O empate sem gols no tempo normal e na prorrogação levou a disputa para os pênaltis. Melhor para a Austrália, que ganhou por 5 a 4 nas penalidades e se classificou. .

Redmayne entrou no fim do segundo tempo da prorrogação na vaga de Ryan, em uma estratégia de troca de goleiros da Austrália. Redmayne ficava fazendo acrobacias no gol na hora da cobrança a fim de irritar os rivais. Mas o goleiro dançarino garantiu a classificação com uma defesa em pênalti de Valera.

 

Peru e Austrália fizeram um jogo muito equilibrado (Foto: Getty)

Publicidade

O primeiro tempo foi sonolento, sem muita emoção. A Austrália iniciou mais presente no campo de ataque e o Peru parecia apenas se defender. A falta de qualidade ofensiva fez a partida ir para o intervalo sem lances de perigo.

O Peru voltou um pouco mais disposto no segundo tempo. Cuevas chegou a mandar uma bola na rede, pelo lado de fora. Mas mesmo assim era pouco para mudar o cenário da partida, que deixava visível que seria decidida na prorrogação ou até mesmo nos pênaltis. Aos 38 minutos isso quase mudou em um chute de fora da área de Behich. Mas a bola passou à esquerda do goleiro Gallese.

Relacionadas

Bale País de Gales
Asensio Real Madrid
Sadio Mané

A prorrogação seguiu em ritmo lento no primeiro tempo, sem muitas emoções. Já na segunda etapa o controle foi peruano. Logo no primeiro minuto Flores acertou a trave australiana. Pouco depois Advíncula assustou em chute sobre o gol. Mas não foi possível impedir as penalidades.

O Peru tentou mais que a Austrália. Mas mesmo assim não fez um grande jogo (Foto: Getty)

Publicidade

Na disputa de pênaltis a Austrália levou a melhor e ganhou por 5 a 4. Lapadula, Callens, Tapia e Flores converteram para o Peru. Assim como Mopoy, Goodwin, Hrustic, Maclaren e Mabil acertaram para os australianos. Boyle  perdeu para a Austrália e Advíncula e Valera desperdiçaram para os peruanos

Reencontro com antigos rivais

Peru e Austrália fizeram um jogo muito equilibrado (Foto: Getty)

Agora a Austrália vai entrar no Grupo D da Copa do Mundo, onde vai medir forças com a atual campeã, França, Dinamarca e Tunísia. E a estreia, no dia 22 de novembro, será justamente diante dos franceses.

Curiosamente os australianos vão reencontrar dois rivais de sua chave na Copa passada: França e Dinamarca. Mas as lembranças não são boas. Derrota de 2 a 1 para os franceses e empate por 1 a 1 com os dinamarqueses. Além disso, curiosamente, teve uma derrota de 2 a 0 para o Peru. Mas ambos foram eliminados.

Comentários