Publicidade

O relacionamento de Lukaku com o Chelsea está no seu pior momento. Sua ausência no jogo contra o Liverpool, neste domingo, deixa uma lacuna da qual se pode deduzir a tensão que o clube vive ao seu redor. A imprensa europeia explica como foi concebida a punição do técnico Thomas Tuchel ao jogador. Para começar, a decisão foi acertada entre vários pesos-pesados ​​do vestiário do Chelsea, como Kanté, Azpilicueta, Jorginho e Rüdige.

Lukaku Tuchel Chelsea Lukaku surpreendeu muita gente no Chelsea, mas Tuchel quer saber mais detalhes sobre a polêmica entrevista | Foto: Clive Rose/Getty Images

Leia também

Lukaku procura Antonio Conte e sinaliza para o Tottenham

Crise continua: Tuchel explica ‘castigo’ a Lukaku no Chelsea

Publicidade

Olho neles! Os jovens que podem brilhar de vez na Europa em 2022

Além disso, de acordo com a imprensa inglesa, Lukaku nem sequer esteve presente no estádio para ver o jogo, como fazem outros jogadores não escalados. Não é a primeira vez que o jogador usa a imprensa para mostrar seu desconforto com um clube. Já o fez quando pertencia ao Chelsea e mais tarde ao United. Ainda assim, seu movimento causou surpresa.

“Ninguém pode acreditar no que ele fez”, era o comentários dos companheiros de vestiários do jogador do Chelsea.

Publicidade

É sem dúvida a história da semana em Stamford Bridge. Há três semanas, Romelu Lukaku concedeu uma entrevista que a Sky Italia transmitiu em duas partes, na quinta e na sexta-feira. Para fechar o ano, e pouco antes de um duelo crucial no decorrer do curso, domingo contra o Liverpool.

Antonio Conte Tottenham Lukaku procurou Antonio Conte, técnico do Tottenham | Foto: Alex Pantling/Getty Images

Desconforto

O belga afirmou que está desconfortável com o sistema de Thomas Tuchel. Demonstrou interesse em uma nova saída do Chelsea, mas foi mais longe. Lukaku lamentou ter saído da Inter do Milan no último verão europeu.

Assim, a intenção do Chelsea aproveitar o início da semana para decidir o futuro do atacante. Talvez, anunciou o gerente do Chelsea, ele retorne ao time nesta quarta-feira para jogar a primeira mão da semifinal da Copa da Liga, contra o Tottenham Hotspur. “Por que, então, não se define logo a saída do jogador?”, diz a pergunta que não quer calar.

Relacionadas

Dembélé Barcelona
Shukrula a Hardeveld: ela expulsou ele e a treta acabou em namoro - Foto: Reprodução
João Félix

Publicidade

Tamanha é a surpresa a respeito do comportamento do jogador que o próprio técnico Thomas Tuchel explicou.

“Não é a primeira vez que uma entrevista causa um ruído além da verdade. Não me sinto atacado pessoalmente, mas foi a notícia que ganhou grandes proporções no sábado. Havia muito barulho e perdemos a concentração na partida. Por isso decidimos não punir, além de proteger Romelu de qualquer decisão precipitada. Precisamos ver toda a entrevista, manter a calma e não enlouquecer”, explicou.

Comentários