Publicidade

O Arsenal vai colocar à venda o jogador mais caro de sua história. E com um “precinho camarada”. Segundo “Daily Mail”, o clube inglês está decidido a vender Nicolas Pépé.

Em 2019, para tirá-lo do Lille, da França, o Arsenal pagou 80 milhões de euros (R$ 413,2 milhões). Pépé, assim, virou o jogador mais caro da história do clube. Posto que ocupa até hoje.

Nicolas Pépé Arsenal Pépé está sem moral no Arsenal | Foto: Julian Finney/Getty Images

O atacante marfinense, contudo, não conseguiu brilhar como esperado. Pépé teve altos e baixos. Na última temporada, até obteve bons números (16 gols e cinco assistências em 47 jogos). Entretanto, voltou a cair de produção na atual temporada.

Relacionadas

Lewandowski
Darwin Núñez
Cristiano Ronaldo Manchester United

Publicidade

Assim, o Arsenal se prepara para colocar o atacante à venda. Ainda segundo o “Daily Mail”, o clube inglês deseja 30 milhões de euros (R$ 154,9 milhões) por Pépé, de 26 anos.

Manchester City quer peça fundamental do Real Madrid

A ideia do Arsenal é usar o valor da venda de Pépé para ajudar na corrida por um centroavante, principal objetivo do time na próxima janela do mercado da bola.

Comentários