Publicidade

Jogando um futebol pouco animador para a sua torcida, a Argentina não conseguiu mais do que um empate por 1 a 1 com o Chile na noite desta quinta-feira pela quinta rodada das Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que acontecerá no Catar. Atuando em casa os argentinos perderam a chance de assumirem a liderança.

Messi fez o gol dos platinos. Já Alex Sánchez garantiu a igualdade para os chilenos.

Argentina e Chile fizeram um jogo muito disputado. Assim o empate prevaleceu (Foto: Imago)

Com o resultado a Argentina chegou aos 11 pontos na segunda posição. Assim o Brasil permanecerá na liderança independentemente do seu resultado contra o Equador nesta sexta-feira, no Rio Grande do Sul. Os brasileiros somam 12 pontos. Já os chilenos estão com cinco pontos, fora da zona de classificação.

Publicidade

MAIS! Equador não ganha do Brasil há 16 anos

Apesar de o Chile ter começado o jogo dominando, foi a Argentina que abriu o placar aos 22 minutos. Lautaro Martínez recebeu lançamento na área e foi tocado por Maripám. Com a ajuda do VAR a arbitragem marcou o pênalti. Lionel Messi assumiu a responsabilidade e converteu a cobrança contra seu ex-companheiro de Barcelona Claudio Bravo.

Chile buscou o empate

Messi comemora o gol que abriu o placar contra o Chile. Mas não conquistou o triunfo (Foto: Imago)

Com o gol marcado Messi continua cada vez mais firme como o maior artilheiro da história da seleção argentina. São 72 gols em 143 partidas. Mas a alegria argentina durou pouco, pois o Chile empatou ao 35 minutos. Aránguiz cobrou falta, Medel escorou para o meio da área e Alexis Sánchez completou para o fundo da rede.

Publicidade

O duelo entre Messi e Brava teve mais um capítulo nos acréscimos do primeiro tempo. O craque cobrou falta da entrada da área e o goleiro chileno operou um verdadeiro milagre para evitar que a bola entrasse.

Argentina foi pouco atuante no segundo tempo

Alexis Sánchez empatou para a seleção do Chile. Assim levou um ponto da Argentina (Foto: Imago)

Muito dependente de Messi, bem marcado, a Argentina não conseguia criar. Assustou aos 17 minutos, em chute de Lautaro que foi defendido por Bravo. O Chile respondeu dois minutos depois em cobrança de falta de Alexis Sánchez sobre o gol.

Relacionadas

Aos 35 minutos Messi voltou a se mostrar em campo e por muito pouco não desempatou. Ele cobrou falta e acertou o travessão de Bravo.

Publicidade

Aos 42 minutos Messi voltou a assustar o goleiro em um chute colocado. Bravo se esticou e deu rebote. Assim o placar não mudou.

As duas equipes voltam a campo na próxima terça-feira. A Argentina tem uma pedreira às 20h(dee Brasília), quando visita a Colômbia em Barranqüilla. Já o Chile recebe a Bolívia no Estádio Nacional, em Santiago, às 22h30(de Brasília).

Comentários