Publicidade

Uma situação curiosa envolvendo o lateral-esquerdo Benjamin Mendy, do Manchester City, ao chegar a uma prisão em Liverpool. Ele tinha entendido que ocuparia a ala Vip, mas não é bem assim que aconteceu. O relato faz parte de uma reportagem especial do jornal “The Sun”, que teve acesso aos primeiros momentos do jogador no presídio.

Mendy foi preso após a Justiça negar o pagamento de uma fiança por parte do jogador. Ele é acusado de assédio sexual e estupro. Além disso o Manchester City suspendeu seu contrato. Entretanto os problemas dele só começaram.

A cadeia que recebe Mendy (Foto: Divulgação)

Os agentes informaram a Mendy na chegada ao presídio que ele ocuparia a ala VP. O jogador teria respirado aliviado pois tinha entendido que ficaria em uma área VIP.

Publicidade

MAIS! Se fosse seleção, PSG seria pódio em valor de mercado

A fonte do jornal disse que a reação do jogador foi de dar pena.

– Quando Mendy chegou, a equipe explicou que ele seria mantido na ala VP para sua própria segurança. Mas talvez porque ele é francês e seu inglês não é bom, ele entendeu mal o que eles disseram e pensou que estava sendo levado para uma ala VIP para celebridades. Ele teve um despertar rude quando viu a cela e percebeu com quem iria se misturar. Ele não estava feliz e foi uma experiência muito séria para ele – disse a fonte.

Agentes preservaram Mendy

City recebeu Mendy com festa. Mas agora… (Foto: Divulgação)

Publicidade

Os agentes penitenciários queriam preservar o jogador do restante dos presos. Assim como no Brasil, os presos por estupro não costuma ser bem recebidos na cadeia. A Justiça acusa Mendy de ter atacado três mulheres diferentes – incluindo uma com menos de 18 anos – em sua casa em Prestbury durante dez meses.

Relacionadas

O lateral-esquerdo, que chegou no City em 2017 após se destacar pelo Monaco, nega veementemente as acusações. O jogador vai ao julgamento em 10 de setembro.

 

Comentários