Publicidade

O árbitro francês Tony Chapron pegou suspensão após a agressão inusitada ao brasileiro Diego Carlos, na vitória do PSG sobre o Nantes, neste domingo. A decisão foi anunciada nesta segunda-feira, pela Comissão Federal de Árbitros da França. A partida terminou 1 a 0 para o PSG, gol de Dí María.

Tony Chapron chuta Diego Carlos, após o toque involuntário que levou o árbitro ao chão (Reprodução) Tony Chapron chuta Diego Carlos, após o toque involuntário que levou o árbitro ao chão (Reprodução)

Tony Chapron é o mesmo que, em 2015, se envolveu num debate com o sueco Zlatan Ibrahimovic. Na ocasião, o artilheiro fez o “hat-trick” na vitória do PSG sobre o Lorient – 3 a 1. Como lembrança, após a partida Ibrahimovic tentou ficar com a bola, mas foi impedido pelo árbitro.

Leia também:

Publicidade

Harry Kane iguala recorde de Gerrard na Premier League
Eto’o no futebol brasileiro? Relembre outros destaques cotados no país
Antes Rei do Mercado, Real Madrid agora é lanterna entre os grandes
Veteranos famosos e times pequenos: a rotina dos Estaduais

Os dois, exaltados, trocaram algumas palavras ríspidas, mas prevaleceu a vontade de Chapron. Enfurecido, Ibrahimovic deixou o gramado acusando o árbitro de querer ser “o chefe” na frente das câmeras.

Mario Balotelli

Com o atacante italiano, a confusão aconteceu aos 23 minutos do segundo tempo na partida Nice x Rennes, no ano passado. Logo após se enroscar com Zargo Touré, o atacante foi expulso pelo árbitro Tony Chapron, ao que parece, por ter ouvido alguma reclamação ou xingamento do jogador. Para sorte do italiano, sua equipe conseguiu segurar a pressão e manteve a vitória por 1 a 0.

Publicidade