Publicidade

O Campeonato Espanhol vem sofrendo com o excesso de lances que pedem avaliação do VAR. Na vitória de 2 a 1 do Mallorca sobre o Alavés não foi diferente. O jogo, que terminou 2 a 1 para o Mallorca, poderia ter tudo outro resultado se o gol anotado pelo Alavés, aos quatro minutos, não tivesse sido anulado pelo árbitro Soto Grado.

Soto Grado questionou a regra (Foto: Getty)

Soto Grado validou o gol de Lejeune. Entretanto o anulou em seguida após ser alertado pelo VAR que a bola tocou no braço do jogador antes do arremate. O atleta revelou uma frase curiosa do árbitro após o confronto.

– Não vi meu gol, mas me disseram que a bola tocou na mão, embora eu estivesse com o braço preso ao corpo. Tem coisas que não entendo. Às vezes bate na perna e depois no braço e não é nada. O próprio árbitro me disse que a regra é uma m… – disse ele.

Relacionadas

Haaland
Cristiano Ronaldo Manchester United
Gavi Barcelona
Sterling Manchester City

Publicidade

A polêmica coloca ainda mais fogo nas discussões sobre arbitragem no Campeonato Espanhol. No domingo, no triunfo de 3 a 1 do Real Madrid sobre o Sevilla, a arbitragem foi muito questionada por um gol do brasileiro Vinicius Júnior.

Comentários