Após fiasco, demissão de Jorge Jesus começa a ganhar força em Lisboa

publicado em 22/02/2021 às 9:22

Enquanto o Flamengo vive boa fase, do outro lado do oceano, o ex-treinador do Rubro-Negro enfrenta a crise. O fim de semana do Benfica, dirigido por Jorge Jesus, não foi dos melhores. As críticas se intensificaram depois do empate em 0 a 0 com o Farense, resultado que deixou o time a 15 pontos do líder Sporting no Campeonato Português.

Jorge Jesus Benfica x Arsenal Liga Europa

Jorge Jesus mostrou a habitual agitação à beira do campo | Foto: Uefa

Assim, rumores de demissão ganharam força neste início de semana em Lisboa. No entanto, Jorge Jesus já deu seu parecer a respeito.

“Não”, respondeu em coletiva de imprensa ao ser questionado se sairia.

“Cada jogo tem uma história diferente. É verdade que estamos a 15 pontos do líder, mas também é verdade que criamos oportunidades para marcar. Há sempre um indicador de qualquer defeito. Sabemos de onde vem o nosso defeito ao longo de alguns meses, agora andamos à procura de alguma estabilidade técnica, física e emocional”, explicou.

Conforme o técnico, o Benfica precisa deixar para trás o que não dá certo, apostando apenas em questões positivas.

“Andamos atrás de um prejuízo que nos responsabiliza e faz com que o time não consiga concretizar as oportunidades de gols que tem. Precisamos de estabilidade”, finalizou Jesus.

Leia também

Arrascaeta exalta volta por cima do Flamengo, mas lembra que “falta uma final”

Real Madrid descartou Haaland quando ele custava uma pechincha

Deixe seu comentário:

Comentário