Publicidade

Aquele Real Madrid de contratações galácticas e de cifras de cair o queixo perdeu a “fúria” de um leão e se acalmou, mudando a estratégia. O Rei do mercado virou lanterna, pelo menos em comparação com outros grandes clubes europeus. É o que mostra o jornal “Marca”, da Espanha. O Real aparece na última colocação num “campeonato” de 13 clubes e seus investimentos no mercado da bola.

Depois de Bale, Real Madrid passou a ser econômico no mercado da bola | Foto: Divulgação

O Real Madrid gastou 42,5 milhões de euros no mercado de verão (contratou Theo Hernández e Dani Ceballos), sete vezes menos do que o rival Barcelona, líder em gastos com contratações para a temporada e recordista da história.

A mudança do Real Madrid

Até a temporada 2013-2014, quando contratou Gareth Bale por 91 milhões de euros, o Real Madrid era o rei do mercado, com nomes de impacto, as maiores negociações. Depois, mudou a estratégia e passou a investir cifras menores. O clube espanhol tem buscado jogadores mais jovens, com potencial de crescimento, mas que são menos badalados e caros.

Publicidade

Leia também

Veteranos famosos e times pequenos: a rotina dos Estaduais
Relembre momentos da primeira passagem de Vagner Love pelo Flamengo
Abidal e o câncer: ‘Messi pediu para não enviar vídeos’
As metas para Philippe Coutinho engordar a conta do Liverpool
Torcida do San Lorenzo faz plágio de Nego do Borel e Anitta
Philippe Coutinho, Ronaldo… veja craques que a Inter de Milão deixou escapar

Elenco 1981 x 2018: a pedreira que Carpegiani vai encarar no Flamengo

O Real Madrid, segundo o “Marca”, gastou 278 milhões de euros nas últimas quatro temporadas. O Barcelona superou estas cifras só nesta temporada. O Manchester City passou da casa de 760 milhões, neste período, enquanto o United soma 695 milhões de euros.

A ‘disputa’ entre os gigantes europeus no mercado

Publicidade

1º – Barcelona – 324,8 milhões de euros
2º – Manchester City – 249,3 milhões de euros
3º – PSG – 238 milhões de euros
4º – Chelsea – 216,8 milhões de euros
5º – Milan – 194,5 milhões de euros
6º – Liverpool – 167,8 milhões de euros
7º – Manchester United – 164,4 milhões de euros
8º – Juventus – 151,4 milhões de euros
9º – Bayern de Munique – 116,5 milhões de euros
10º – Atlético de Madrid – 102 milhões de euros
11º – Inter de Milão – 80,5 milhões de euros
12º – Arsenal – 55,1 milhões de euros
13º – Real Madrid – 42,5 milhões de euros