Publicidade

Messi ainda é assunto no Barcelona. O astro se despediu do clube espanhol em agosto. Na ocasião, o Barça recuou e não pôde renovar com o craque argentino. O episódio surpreendeu a muitos, mas não tanto o clube.

Dirigente do Barcelona, Mateu Alemany participou de um evento com alunos da London School of Economics. O cartola abordou o adeus de Messi.

Messi Barcelona Messi na despedida ao Barcelona | Foto: Eric Alonso/Getty Images

– A saída de Messi, infelizmente, não foi uma surpresa. Era a realidade do momento. A única forma dele ficar era se o Barcelona fizesse parte de algo que não queríamos. Decidimos que o clube estava acima de qualquer pessoa. Perdemos muito comercialmente – declarou Alemany.

Relacionadas

Alexsander Isak
Guardiola Manchester City
Xhaka Arsenal

Publicidade

O dirigente fez referência ao negócio da La Liga com um fundo econômico. Barcelona, Real Madrid e Athletic votaram contra.

MAIS! Barcelona faz contas e espera receber bolada por Philippe Coutinho

O Barcelona precisou abrir mão de Messi. Em crise financeira, o clube não conseguiria se enquadrar no limite salarial imposto pela La Liga. O astro argentino, então, foi para o PSG.

Comentários