Publicidade

Daniel Alves fez história no Barcelona, fazendo parte de um time que contava com o famoso trio MSN – Messi, Suárez e Neymar. Foram anos de glórias, distantes dos dias atuais, que fazem com que o torcedor catalão não esqueça do brasileiro. Em entrevista ao Esporte RAC1, da Espanha, o brasileiro comentou a atual situação do clube. Embora guarde boa memória afetiva em sua passagem, ele também reclamou da diretoria do Barcelona.

Embora Daniel Alves tenha uma coleção de títulos pelo Barcelona, de acordo com o jogador, faltou consideração | Foto: Barcelona / Divulgação

De acordo com Daniel Alves, faltou um tratamento mais respeitoso, por sua história no clube. Ele continuaria a considerar o Barcelona a sua casa, mas não foi o que aconteceu.

“Não devo atirar pedras em ninguém, mas parece-me que a gestão se prostituía. Pode ser que o presidente tenha sido mal orientado, não estou dizendo que a culpa foi só do Josep Maria Bartomeu. Mudaram a filosofia do clube, é normal que tenha problemas. Para mim, perdeu um pouco sua identidade, e agora tem que passar por um processo difícil para recuperá-la”, analisou o jogador de 37 anos.

Leia também

Publicidade

2022: o mundo do futebol vai estremecer por Haaland

Supremacia portuguesa: jogadores portugueses invadem a Europa

Sobre sua saída, Daniel Alves lamentou a forma como o trataram. Conforme explicou na entrevista, ninguém da diretoria o procurou quando seu período estava vencendo. Depois, correram para oferecer a renovação.

Publicidade

“Achei isso desrespeitoso. Se me tivessem tratado como entendo que merecia, teria continuado no Barcelona até agora. É um clube que adoro e que considero a minha casa”, completou.