Publicidade

O futebol argentino sofreu mais uma perda. O técnico Alejandro Sabella, de 66 anos, faleceu nesta terça-feira. Sabella comandou a Argentina na Copa do Mundo de 2014, no Brasil, e foi vice-campeão. Na época de jogador, ele atuou pelo Grêmio na década de 80.

Alejandro Sabella levou Argentina ao vice da Copa de 2014 (Foto: Arquivo Fifa) Alejandro Sabella levou Argentina ao vice da Copa de 2014 (Foto: Arquivo Fifa)

O técnico estava internado desde o dia 25 de novembro, após apresentar um quadro de arritmia cardíaca. Sabella passou mal justamente no dia em que a Argentina e o mundo choraram a morte de Diego Armando Maradona.

LEIA MAIS! ‘Pogba não come na mesma mesa que Cristiano Ronaldo’, diz astro inglês

Publicidade

Ele foi campeão da Libertadores como técnico em 2009, à frente do Estudiantes. Na final, o clube argentino derrotou o Cruzeiro.

Sabella como jogador

Como meia, ele defendeu o River Plate. Ele chamou atenção de clubes ingleses e foi para o Sheffield United e depois Leeds. Retornou à Argentina para defender o Estudiantes.

O Grêmio contratou Sabella em 1985. Ele defendeu o Tricolor Gaúcho até 1986, quando foi para o Ferro Carril. A aposentadoria dos gramados foi com a camisa do Estudiantes.

Publicidade

Ele depois virou auxiliar e trabalhou inclusive no Corinthians, em 2005, na comissão de Daniel Passarella. Em 2009, assumiu o Estudiantes e levou o clube ao título da Libertadores.

O técnico assumiu a Argentina em 2011 e bateu na trave na Copa do Mundo de 2014, quando perdeu para a Alemanha.